quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

Rotary, uma das minhas paixões _______



Ontem foi o 26º Aniversário do Rotary Club de Vizela.
Entrei para o movimento rotário a convite do Companheiro Domingos Vaz Pinheiro, em Junho de 2001.
Já tinha conhecimento que Vizela tinha um clube rotário. Já conhecia o Movimento Rotário mas muito superficialmente.
A primeira vez que fui a uma reunião rotária foi em Luanda e com o meu pai. Tinha 15 anos, mas parecia mais velha. O meu pai como era bom orador recebia convites do Rotary Club de Luanda como palestrante. A certa altura, devido a doença de minha mãe (mais tarde teve que fazer uma cirurgia delicada na África do Sul), o meu pai decidiu levar-me como sua companhia.
Imaginem uma jovem de 15 anos, rebelde quanto baste, com pensamento avançado para o tempo em que vivia, com ideais revolucionários, no meio de homens já maduros na idade - com idade do meu pai e mais velhos - e ter de estar calada numa reunião cheia de protocolo e sobrolhos franzidos.
Também não via com bons olhos o facto de mulheres não poderem fazer parte do clube.
Talvez culpa minha, do meu feitio, mas não ficava entusiamada com a ideia de acompanhar o meu pai a outra reunião do Rotary Club de Luanda. Mas fazia o "sacrifício".
A partir de então não me interessei por ler, acompanhar ou pesquisar sobre o Movimento Rotário.
A vinda para Lisboa, o curso e a associação de estudantes, mais tarde a profissão e os filhos ocuparam o meu tempo.
Até que um dia o Companheiro Domingos Vaz Pinheiro me abordou para ser médica, em regime de voluntariado, da Santa Casa da Misericórdia de Vizela em 1999. Dois anos depois convidou-me para a sua lista da Mesa Administrativa da Santa Casa da Misericórdia de Vizela e depois para ser membro do Rotary Club de Vizela.
Quando recebi este último convite acedi frequentar algumas reuniões de Rotary. Também fiz alguma pesquisa sobre o movimento a nível internacional. Fiquei agradada com o que li e vi. Na primeira reunião verifiquei a presença de mulheres como sócias efectivas do clube. Conhecia todos os membros (privilégios de viver numa cidade pequena).
Fiquei entusiasmada com os projectos a nível local, nacional e internacional.
Pude constatar que Rotary Internacional é um mundo de serviços às comunidades mais carenciadas. Rotary Internacional é uma Organização Não Governamental (ONG) com milhares de voluntários a realizar projectos sustentáveis em mais de 200 países para mudar a vida de muitos que sobrevivem com muito pouco.
Senti que como rotária poderia ajudar pessoas e com alcance a qualquer ponto do mundo.
Desde então o Movimento Rotário faz parte da minha vida. Faz parte de mim! E tenho tanto a agradecer-lhe!

segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

Minha querida mãe ___________________



Minha querida mãe,

Faz hoje 4 anos que te juntaste ao pai e ao teu neto e meu filho Nuno. Foste uma Mulher e Mãe guerreira. Apesar de muitas adversidades conseguiste ser um exemplo de força e esperança. Só uma adversidade te derrubou: a morte do teu neto e meu filho Nuno Salta. Depois desse fatídico dia desististe da vida. Viveste os vinte meses seguintes contrariada. Faz hoje 4 anos que tu, minha Heroína, partiste para o encontro tão desejado.

terça-feira, 13 de fevereiro de 2018

Viagem ______________


Mais uma viagem até Lisboa, ou melhor até Oeiras e Estoril.
Não fui visitar a minha Princesa do Sol Nascente pois ela está no país dos seus sonhos. Na sua terra. Fui visitar a minha família e aproveitar para dar uma arrumadela ao apartamento da Princesa. Com a viagem ela teve que escolher o que queria levar.
Foi um fim de semana em que estive com o meu irmão e cunhada e também com a minha sobrinha Gabriela e seus filhos Carolina e Gabriel.
Estranhei o apartamento sem a presença da minha Princesa.
Agora falamos por WhatsApp. Mas ainda não estou habituada à diferença horária. Ela está feliz e integrou-se rapidamente ao modus vivendi do País do Sol Nascente.
Passei muitos momentos com o meu irmão e minha cunhada pois eles sabem o que sinto. A sua filha também está viver fora de Portugal: em Telavive, Israel. Mas para eles ainda é mais difícil pois a pequenina Beatriz brindou-os com a sua vida em Julho do ano passado. Uma bebé sempre alegre e que cativa todos. As saudades são imensas. Lembram-se? Os filhos não são nossos! Eles têm o seu caminho e nós o nosso. Não podemos viver a sua vida, nem impor a nossa.

domingo, 11 de fevereiro de 2018

Procura por mim - Amor Electro




Lembra-me Das minhas fraquezas E eu conto-te como as tornei Nas minhas certezas E quando no peito secar O fogo que aquece o olhar Procura por mim que eu vou no teu lugar Eu Vou levar-te nas tuas palavras A máquina não pára Escolhas o caminho que escolheres Procura por mim mesmo quando tu te perderes O tempo turva Tudo o que somos Vivemos pouco o momento Pra viver o que já fomos E quando o que se perdeu se torna em estrelas no céu Procura por mim e eu dou-te tudo o que é meu Eu Vou levar-te nas tuas palavras A máquina não pára Escolhas o caminho que escolheres Procura por mim mesmo quando tu te perderes Eu Vou levar-te nas tuas palavras A máquina não pára Mesmo que não mudes a cor Procura por mim que o amor sossega a dor

domingo, 4 de fevereiro de 2018

Hoje é o Dia Mundial da Luta Contra o Cancro.


Hoje é o Dia Mundial da Luta Contra o Cancro.

Não sou pessoa de valorizar os dias disto ou daquilo. Penso que todos os dias são dias de ter cuidado com o ambiente, com o planeta, com as árvores e florestas, com os animais, com as doenças evitáveis e as não evitáveis. Também devemos estar atentos ao nosso comportamento com os outros e lembrar-nos de quem nos brinda com a sua arte, ofício ou dom.
Mas hoje escrevo sobre este dia - o da luta contra o cancro - pois tenho uma doença oncológica.
Descobri que tinha cancro, doença, malzinho em 3 de Maio de 2016. Tinha feito 60 anos 2 dias antes.
Foi um choque quando recebi a noticia? Não, não foi um choque. Nem sequer senti pânico ou mesmo receio. A vida e a minha profissão ensinaram-me que não acontece só aos outros. Por isso o estar preparada para, um dia, receber uma noticia assim.
Lembro-me bem do dia. Foi na terça-feira dia 3 de Maio cerca das 10h da manhã. Hospital Senhora da Oliveira - Guimarães. Estava acompanhada com a Dr.ª Lucinda da Graça. Quando o Dr. João Reis pronunciou as palavras: o resultado da biopsia deu que o tumor é maligno....Senti a mão da Drª Lucinda a apertar-me o braço em sinal de apoio e preocupação. Mantive-me serena. Não chorei. Não pensei na morte. Não senti a revolta do "porquê a mim".
À pergunta do Dr. João Reis: onde quer ser operada aqui ou no IPO? Aí sim! Vacilei e em segundos pensei na minha filha: como lhe dar a noticia? Se for no IPO ela vai ficar preocupadíssima e isso vai reflectir-se no importante trabalho que estava a desenvolver. E os tratamentos? Se for para o IPO vou ter que faltar ao trabalho pois o tempo não permitiria conciliar tratamentos com trabalho. Olhei para o Dr. João Reis e a confiança que ele me transmitiu fez-me decidir: Quero ser operada aqui e por si.
De imediato marcou a cirurgia para o dia 12 de Maio. De seguida fui para a USF trabalhar ____ a vida não pára! Fui recebida com palavras de conforto por todos.
Antes da cirurgia ainda fiz mais uns exames, os pré-operatórios e para saber a extensão do cancro, doença, malzinho. A Drª Lucinda e a Alzira Faria tiveram a amabilidade e preocupação de me acompanhar nestes exames.
O dia da cirurgia chegou. Deitada na cama à porta do bloco operatório pensei nos meus filhos, na minha família e amigos. Pensei nos meus utentes e sorri: ali estava eu na pele de "utente".
Pensei em todos os momentos bons da minha vida.
Depois da cirurgia vieram os tratamentos de Radioterapia. Trinta dias. Já estava a trabalhar (só fiquei 18 dias de atestado) e por isso marquei-os para a noite.
Nas viagens para o Hospital de Braga fui sempre acompanhada pela Goreti ou pela Maria Ivone Pinto Guimarães e nos últimos dias pela minha filha Sano Ogawa. Consegui não preocupar a minha Princesa do Sol Nascente.
Os trinta dias de Radioterapia passaram rápidamente. Realmente o trabalho dá saúde e eu não estava doente tinha/tenho uma doença.
Foram trinta dias cheios de momentos e pessoas que nunca esquecerei. Fiquei mais rica e cresci como pessoa.
Continuo em vigilância nas consultas de Cirurgia e Oncologia. Estou a fazer tratamento oral durante cinco anos.
O amanhã? Amanhã é outro dia. Se me for proporcionado darei outro passo!
Por falar em amanhã ____ às 8h e 15m estarei na Rádio Vizela para falar da Luta contra o Cancro no programa Hora H com a Helena Lopes.

terça-feira, 30 de janeiro de 2018

Agora ________________________________



Existem momentos felizes como existem momentos de tanta tristeza.
E existem momentos que não "vivemos" ___ passamos pela vida lamentando o que não temos, chorando por um tempo que passou, imaginando um futuro tão incerto.
E os momentos que não "vivemos" são muitos, imensos.
Como diz Eckhart Tolle: "A vida é agora. Nunca houve um momento em que a sua vida não foi agora, nem nunca haverá...
...Olhe para uma árvore, uma flor, uma planta. Deixe sua atenção repousar nelas. Note como estão calmas, profundamente enraizadas no Ser. Deixe que a natureza o ensine o que é a calma."

Sentei-me na cadeira do cinema. Ia passar o filme da minha vida. Queria vê-lo! Ver os momentos felizes e os de tristeza. Ver o que vivi e o que não "vivi"____ principalmente o que não "vivi".
Aqueles momentos eram preciosos e eu deixei-os passar alheada em coisas e preocupações sem importância.
É certo que não foram muitos mas os poucos momentos que não "vivi" foram longos.
As perdas de pessoas que amo, principalmente de meu filho, trouxeram-me para o presente, para o momento, para a essência, para o Ser!
A vida é uma viagem ____ sabemos quando e onde começa mas o percurso depende do que vivemos no agora, sem saber onde e quando acaba.
O filme decorreu e quando chegou ao ponto do agora veio a reflexão e conciliei-me com o meu passado.
Agora estou ocupada em viver!

"O momento presente é a coisa mais preciosa que existe.
As pessoas não percebem que agora é tudo o que é, não existe passado ou futuro exceto como uma memória ou antecipação em nossas mentes.
O passado dá-te uma identidade e o futuro mantém a promessa de salvação ou de preenchimento na forma que for. Em ambos os casos o que temos é ilusório."
- Eckhart Tolle

sexta-feira, 26 de janeiro de 2018

Momentos de felicidade ___________





De todos os momentos felizes que fui agraciada na Homenagem Profissional no dia 24 de Janeiro, a leitura da mensagem da minha Princesa do Sol Nascente Sano Ogawa foi o mais especial! Amo-te filha. ♥️

segunda-feira, 22 de janeiro de 2018

Regras e regras __________


"Quem é um manual de regras está apto a lidar com máquinas e não com pessoas."

Augusto Cury

domingo, 21 de janeiro de 2018

quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

A lágrima caiu ________



"A lágrima caiu, sem tu saberes
Por ti caiu, a última vez"

sábado, 18 de novembro de 2017

Style 60's __________



Já passei os 60 anos desde a minha data de nascimento.
Quando o pensamento se vira para mim vejo-me aquela gaiata de 18 anos,sempre muito senhora dos meus ideais e esbarrando com muitos por eles.
Olho-me e vejo que os cabelos estão cor de prata,
a pele menos macia e algumas rugas teimosas em aparecer.
Olho-me____ e vejo que a vida me transformou ___ um pouco....
Olho-me e vejo que a vida me levou muitos sonhos....
Olho-me e vejo que a vida me levou metade do meu Ouro___ meu filho. A outra metade do meu Ouro, a minha filha, ilumina os meus dias.
Olho-me e vejo que fui levada no tempo pela brisa da vida ao que sou hoje ____ a gaiata de 18 entre os mais de 60 anos, ainda com os mesmos ideais, ainda esbarrando com muitos por eles.

sexta-feira, 17 de novembro de 2017

quinta-feira, 9 de novembro de 2017

Tempo que ainda não chegou _____________


Sou de um tempo que ainda não chegou,
tenho uma educação dada pelos meus pais e refinada por mim.
Digo as coisas que muitos quereriam dizer,
faço o que muitos quereriam fazer,
mas, por estarem presos a modas, a clichés e a favores, não o conseguem. Criei meu mundo e nele aprendo o que é viver.

MRS

quarta-feira, 8 de novembro de 2017

Não envelheço ________



Recebo os cabelos brancos,
feitos de prata.
Não envelheço,
Lapido-me entre os espaços entre mim e o tempo.
Guardo
os lugares e pessoas que a vida me concedeu.
Aprendo
com os planos falhados e os erros concretizados.
Aguardo
como quem tem apenas o hoje de presente.
Não envelheço,
lapido-me entre os espaços...
...entre mim e eu.

MRS

terça-feira, 7 de novembro de 2017