quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

Mundo



Fotografias perfeitas para um Mundo imperfeito. Bom 2010.

quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

A letra P



A letra "P" - Apenas a língua portuguesa nos permite escrever isso:

Pedro Paulo Pereira Pinto, pequeno pintor português, pintava portas, paredes, portais. Porém, pediu para parar porque preferiu pintar panfletos. Partindo para Piracicaba, pintou prateleiras para poder progredir.

Posteriormente, partiu para Pirapora. Pernoitando, prosseguiu para Paranavaí, pois pretendia praticar pinturas para pessoas pobres. Porém, pouco praticou, porque Padre Paulo pediu para pintar panelas, porém posteriormente pintou pratos para poder pagar promessas.

Pálido, porém personalizado, preferiu partir para Portugal para pedir permissão para papai para permanecer praticando pinturas, preferindo, portanto, Paris.

Partindo para Paris, passou pelos Pirineus, pois pretendia pintá-los. Pareciam plácidos, porém, pesaroso, percebeu penhascos pedregosos, preferindo pintá-los parcialmente, pois perigosas pedras pareciam precipitar-se principalmente pelo Pico, porque pastores passavam pelas picadas para pedirem pousada, provocando provavelmente pequenas perfurações, pois, pelo passo percorriam, permanentemente, possantes potrancas.

Pisando Paris, pediu permissão para pintar palácios pomposos, procurando pontos pitorescos, pois, para pintar pobreza, precisaria percorrer pontos perigosos, pestilentos, perniciosos, preferindo Pedro Paulo precaver-se.

Profundas privações passou Pedro Paulo. Pensava poder prosseguir pintando, porém, pretas previsões passavam pelo pensamento, provocando profundos pesares, principalmente por pretender partir prontamente para Portugal. Povo previdente! Pensava Pedro Paulo... Preciso partir para Portugal porque pedem para prestigiar patrícios, pintando principais portos portugueses. – Paris! Paris! Proferiu Pedro Paulo.

Parto, porém penso pintá-la permanentemente, pois pretendo progredir. Pisando Portugal, Pedro Paulo procurou pelos pais, porém, papai Procópio partira para Província. Pedindo provisões, partiu prontamente, pois precisava pedir permissão para papai Procópio para prosseguir praticando pinturas.

Profundamente pálido, perfez percurso percorrido pelo pai. Pedindo permissão, penetrou pelo portão principal. Porém, papai Procópio puxando-o pelo pescoço proferiu: Pediste permissão para praticar pintura, porém, praticando, pintas pior. Primo Pinduca pintou perfeitamente prima Petúnia. Porque pintas porcarias? Papai – proferiu Pedro Paulo – pinto porque permitiste, porém, preferindo, poderei procurar profissão própria para poder provar perseverança, pois pretendo permanecer por Portugal.

Pegando Pedro Paulo pelo pulso, penetrou pelo patamar, procurando pelos pertences, partiu prontamente, pois pretendia pôr Pedro Paulo para praticar profissão perfeita: pedreiro! Passando pela ponte precisaram pescar para poderem prosseguir peregrinando.

Primeiro, pegaram peixes pequenos, porém, passando pouco prazo, pegaram pacus, piaparas, pirarucus. Partindo pela picada próxima, pois pretendiam pernoitar pertinho, para procurar primo Péricles primeiro. Pisando por pedras pontudas, papai Procópio procurou Péricles, primo próximo, pedreiro profissional perfeito.

Poucas palavras proferiram, porém prometeu pagar pequena parcela para Péricles profissionalizar Pedro Paulo. Primeiramente Pedro Paulo pegava pedras, porém, Péricles pediu-lhe para pintar prédios, pois precisava pagar pintores práticos. Particularmente Pedro Paulo preferia pintar prédios. Pereceu pintando prédios para Péricles, pois precipitou-se pelas paredes pintadas. Pobre Pedro Paulo pereceu pintando...

Permita-me, pois, pedir perdão pela paciência, pois pretendo parar para pensar... Para parar preciso pensar.

Pensei. Portanto, pronto pararei.

(recebido por e-mail)

terça-feira, 29 de dezembro de 2009

Viajar em véspera de Natal



A TAP Portugal e a ANA desejaram hoje as Boas Festas aos passageiros no Aeroporto de Lisboa de uma forma diferente! Uma ideia que já não é nova, mas que sempre pode ser uma forma de alegrar as pessoas nas mais variadas ocasiões. "O importante é ser feliz" como escreveu o José Paulo, meu utente de 8 anos.

domingo, 27 de dezembro de 2009

Dar Vida à Ana

(clique na imagem)

A Ana Critina está em casa a passar esta quadra festiva. Após o 2º ciclo de quimioterapia foi-lhe concedido este belo presente, estar junto aos seus, principalmente ao pequenino Martim. Uma imagem de momento de felicidade entre momentos de angústia. A Ana Cristina necessita de dador de medula urgentemente. Se tiver entre 18 e 45 anos, mais de 50 kg e for saudável inscreva-se num dos Centros de Histocompatibilidade. Seja o possível sopro de vida da Ana.


http://www.chnorte.min-saude.pt

http://www.histocentro.min-saude.pt

http://www.chsul.pt/web

Excelente



Uma pintura diferente.

sábado, 26 de dezembro de 2009

Coisas do meu tempo - gira-discos

Recordações de juventude. Tempos em que os discos de vinil de 33 ou 45 rotações faziam furor nas festas de sábado à noite em Luanda. Tempos em que se acreditava que o mundo um dia seria justo ao som das músicas de Bob Dylan, Joan Baez e outros.

sexta-feira, 25 de dezembro de 2009

quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

Postal de Natal 2




Feliz Natal para todos vós.

quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

São Mamede



"SE TIVESSE QUE ESCREVER UM LIVRO DE MORAL, AS PRIMEIRAS 99 PÁGINAS FICARIAM EM BRANCO E NA 100ª PÁGINA ESCREVERIA UMA SÓ FRASE: EXISTE UM ÚNICO DEVER, O DEVER DE AMAR".

ALBERT CAMUS (1913-1960) Pode ver AQUI

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Bocage



Manuel Maria de Barbosa l'Hedois du Bocage (Setúbal, 15 de Setembro de 1765 — Lisboa, 21 de Dezembro de 1805), poeta português e, possivelmente, o maior representante do arcadismo lusitano. Embora ícone deste movimento literário, é uma figura inserida num período de transição do estilo clássico para o estilo romântico que terá forte presença na literatura portuguesa do século XIX. Ver mais AQUI.

Autobiografia

De cerúleo gabão não bem coberto,
passeia em Santarém chuchado moço,
mantido, às vezes, de sucinto almoço,
de ceia casual, jantar incerto;

dos esbrugados peitos quase aberto,
versos impinge por miúde e grosso;
e do que em frase vil chamam caroço,
se o que, é vox clamantis in deserto;

pede às moças ternura, e dão-lhe motes;
que, tendo um coração como estalage,
vão nele acomodando a mil peixotes.

Sabes, leitor, quem sofre tanto ultraje,
cercado de um tropel de franchinotes?
– É o autor do soneto: – é o Bocage.

Bocage, in 'Rimas'

sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

domingo, 13 de dezembro de 2009

Pablo Neruda - Amigo


Amigo

Amigo, toma para ti o que quiseres,
passeia o teu olhar pelos meus recantos,
e se assim o desejas, dou-te a alma inteira,
com suas brancas avenidas e canções.

Amigo - faz com que na tarde se desvaneça
este inútil e velho desejo de vencer.

Bebe do meu cântaro se tens sede.

Amigo - faz com que na tarde se desvaneça
este desejo de que todas as roseiras
me pertençam.

Amigo,
se tens fome come do meu pão.

Tudo, amigo, o fiz para ti. Tudo isto
que sem olhares verás na minha casa vazia:
tudo isto que sobe pelo muros direitos
- como o meu coração - sempre buscando altura.

Sorris-te - amigo. Que importa! Ninguém sabe
entregar nas mãos o que se esconde dentro,
mas eu dou-te a alma, ânfora de suaves néctares,
e toda eu ta dou... Menos aquela lembrança...

... Que na minha herdade vazia aquele amor perdido
é uma rosa branca que se abre em silêncio...

Pablo Neruda, in "Crepusculário"
Tradução de Rui Lage

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

The Piano



Uma animação original e enternecedora sobre a vida.

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Declaração Universal dos Direitos do Homem - video

Declaração Universal dos Direitos do Homem



A Declaração Universal dos Direitos Humanos foi adotada pela ONU em 10 de dezembro de 1948 (A/RES/217). Esboçada principalmente por John Peters Humphrey, do Canadá, mas também com a ajuda de várias pessoas de todo o mundo - Estados Unidos, França, China, Líbano entre outros, delineia os direitos humanos básicos.

Ver a declaração AQUI.

Vamos relembrar esta Declaração no nosso dia a dia...

terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Pietá



Vejo-te ainda, Mãe, de olhar parado,
Da pedra e da tristeza, no teu canto,
Comigo ao colo, morto e nu, gelado,
Embrulhado nas dobras do teu manto.

Sobre o golpe sem fundo do meu lado
Ia caindo o rio do teu pranto;
E o meu corpo pasmava, amortalhado,
De um rio amargo que adoçava tanto.

Depois, a noite de uma outra vida
Veio descendo lenta, apetecida
Pela terra-polar de que me fiz;

Mas o teu pranto, pela noite além,
Seiva do mundo, ia caindo, Mãe,
Na sepultura fria da raiz.

Miguel Torga

Homenagens às mães que perderam seus filhos.

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

sábado, 5 de dezembro de 2009

Dar Vida à Ana

(clique na imagem)

A Ana Cristina Pereira Santos de 36 anos de idade, às 32 semanas da 2ª gravidez é-lhe diagnosticada LEUCEMIA MIELOBLÁSTICA AGUDA M6. A 1ª garvidez teve um desfecho fatídico com morte fetal "in útero" ao 7º mês.

Dada a gravidade da situação e a necessidade urgente de iniciar quimioterapia, foi provocado o parto. O bébe esteve internado e actualmente está bem.

A Ana Cristina iniciou agora o 2º ciclo de quimioterapia e necessita urgentemente de encontrar um dador de medula óssea, devido ao facto da Leucemia ser M6 de muito mau prognóstico pela grande facilidade de recidivar.

A Ana Critina é prima de uma colega minha da Unidade da Saúde Familar Novos Rumos em Vizela.

A Associação de Dadores Benévolos de Sangue de Vizela está, junto do Centro de Histocompatibilidade do Norte, a providenciar uma campanha para inscrição de novos dadores de medula óssea a ter lugar em Vizela.

A divulgação da data e local será feita logo que sejam definidos. Estejam atentos e colaborem pois não custa nada e podem salvar a vida a quem dela precisa.

O link para o BLOGUE da Ana Cristina ficará na coluna à dtª.

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Il Silenzio



Em homenagem a Francisco Sá Carneiro, Adelino Amaro da Costa, Snu Abecassis, Maria Manuel Amaro da Costa, António Patrício Gouveia e os pilotos Jorge Albuquerque e Alfredo de Sousa, falecidos em acidente aéreo ocorrido em Camarate no dia 4 de Dezembro de 1980.

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

La Cumparsita



Isto é que é dançar/patinar.

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Dia Mundial da luta contra a SIDA



De acordo com os dados divulgados pelo Programa Nacional de Prevenção e Controlo da Infecção VIH/Sida 2007-2010, o primeiro caso de SIDA em Portugal foi diagnosticado em Outubro de 1983, sendo que até 31 de Dezembro de 2006 foram notificados ao Centro de Vigilância Epidemiológica das Doenças Transmissíveis 30.366 casos de infecção VIH/SIDA.

Destes, 45 por cento corresponderam a utilizadores de drogas injectáveis, 37,5 por cento foram associados a transmissão heterossexual, 11,9 por cento a transmissão homossexual e 5,6 por cento a outros modos de transmissão. Divulga ainda o programa que, do total acumulado de 13.515 casos de Sida, 17,7 por cento ocorreram em mulheres, 84,6 por cento ocorreram no grupo etário dos 20 aos 49 anos, 3,3 por cento correspondem a infecções por VIH2 e 1,4 por cento simultaneamente por VIH1 e VIH2.

A SIDA é para prevenir e não para remediar.

SIDA que está Esquecida!

domingo, 29 de novembro de 2009

A minha 2ª Casa


Face ao aumento significativo da procura das urgências hospitalares devido à epidemia de gripe, os horários de vários centros de saúde da região Norte foram alargados já a partir de este fim-de-semana. Ver mais AQUI

A nossa USF já faz horário alargado até às 22h e no fim-de-semana das 9h às 13h. A partir de agora este alargamento vai até às 18h nos fins-de- semana e feriados. Posso considerar que tenho uma 2ª casa e uma 2ª família.

sábado, 28 de novembro de 2009

Corte(?) de cabelo



Aqui é que eu não corto o meu cabelo. Foooooogo!

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Jimi Hendrix



Like a Rolling Stone. Luanda, adolescência, uma mini Enduro, calor e muita praia.

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

A bola



Meninos de Moçambique descobriram uma maneira de fazer uma bola.

terça-feira, 24 de novembro de 2009

Pais adolescentes - uma história



Parece que foi ontem e no entanto já se passaram cerca de 16 anos.
A Vera(nome ficticio) de 15 anos de idade entrou cabisbaixa no consultório. Já a conhecia desde os seus 8 anos. Notei a sua angústia, como quem tem uma confissão a fazer. Balbuciou, quase sussurou, algumas palavras e entre elas compreendi "atrasada" e "medo". Os seus olhos não largavam as suas mãos inquietas. Para facilitar a confissão perguntei-lhe como se chamava o namorado. Ela olhou-me e disse o nome. A conversa foi girando à volta do namorado, quantos anos tinha, se estudava...até à pergunta crucial...pensas que estás grávida?
Ela respondeu que sim e num choro convulsivo repetia "como é que digo à minha mãe?". Conhecendo a sua mãe (senhora muito "nervosa") fui falando na necessidade de uma análise para confirmar a gravidez e, no caso de ser confirmada, na vigilância da mesma.
Depois de acalmar incentivei-a a dizer à mãe logo que obtivesse o resultado para poder contar com o seu apoio. (A avó teve um pequeno "chelique" e de seguida só teve pensamentos para o neto que vinha a caminho).
Apesar de prematuro , nasceu um lindo rapaz o Luis (nome ficticio). A Vera casou e o rapaz cresceu aos seus cuidados e dos avós. Acompanhei o seu crescimento nas consultas de vigilância, na primeiras febre, nos primeiros dentes, quando foi para a escola e mais recentemente quando entrou para o Ciclo.
Passados 15 anos recebi a noticia de que o Luis vai ser pai. A namorada (também ela com 15 anos) é sua colega de escola. E o Luis, na sua adolescência ainda infantil, conversou com os seus pais e disse: "agora que vou ser pai, tenho de parar de estudar para ir trabalhar. Tenho de ganhar para criar o meu filho."
Claro que nem o Luis nem a sua namorada irão parar de estudar. As familias ajudarão estes dois adolescentes, ainda crianças, a serem pais de outra criança.

A Vera vai ser avó aos 31 anos. Eu sinto-me bisavó.

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Coca Cola 2009



Mais uma publicidade criativa.

domingo, 22 de novembro de 2009

Pirata Barba Negra


Barba Negra (1680 - 22 de novembro de 1718), cujo nome real era Edward Teach, foi um dos piratas mais notórios da história da pirataria, sendo uma figura lendária no folclore norte-americano, no qual é conhecido pelo apelido original em inglês, Blackbeard.
Ver mais AQUI.

Recordar histórias da minha infância.

Afinal ainda não tinha visto tudo

sábado, 21 de novembro de 2009

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Desafiar o tempo



Bom fim de semana.

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Ventos


Os ventos que as vezes tiram
algo que amamos, são os
mesmos que trazem algo que
aprendemos a amar...
Por isso não devemos chorar
pelo que nos foi tirado e sim,
aprender a amar o que nos foi
dado. Pois tudo aquilo que é
realmente nosso, nunca se vai
para sempre...

Bob Marley

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Vai uma Rebita? Toca a mexer....

Rir é o melhor remédio


Três cegonhas à conversa:

- Para onde é que vais?
- Vou à casa de um casal que espera o primeiro filho.

- E tu?
- Eu vou à casa de uma senhora que espera um filho há anos.

- E tu, amiga?
- Eu vou ao convento! Nunca levo nada, mas prego-lhes um susto do caraças!

terça-feira, 17 de novembro de 2009

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

87º Aniversário de Saramago



"Dificílimo acto é o de escrever, responsabilidade das maiores.(...) Basta pensar no extenuante trabalho que será dispor por ordem temporal os acontecimentos, primeiro este, depois aquele, ou, se tal mais convém às necessidades do efeito, o sucesso de hoje posto antes do episódio de ontem, e outras não menos arriscadas acrobacias(...)"

Saramago, A Jangada de Pedra, 1986


A carreira de Saramago tem sido acompanhada de diversas polémicas. As suas opiniões pessoais sobre religião são discutidas pelos diversos quadrantes. O seu último livro "Caim" é um exemplo, tendo originado todo o tipo de opiniões.
Não nos podemos esquecer que ganhou o Prémio Nobel de Literatura (1998) - o primeiro concedido a um escritor de língua portuguesa.
Parabéns pelo seu 87º Aniversário.

sábado, 14 de novembro de 2009

A vida ensinou-me...


A vida ensinou-me...
A dizer adeus às pessoas que amo, sem tirá-las do meu coração;
Sorrir às pessoas que não gostam de mim,
Para mostrar-lhes que sou diferente do que elas pensam;
Fazer de conta que tudo está bem quando isso não é verdade, para que eu possa acreditar que tudo vai mudar;
Calar-me para ouvir; aprender com meus erros.
Afinal eu posso ser sempre melhor.
A lutar contra as injustiças; sorrir quando o que mais desejo é gritar todas as minhas dores para o mundo.
A ser forte quando os que amo estão com problemas;
Ser carinhoso com todos que precisam do meu carinho;
Ouvir a todos que só precisam de desabafar;
Amar os que me machucam ou querem fazer de mim depósito de suas frustrações e desafetos;
Perdoar incondicionalmente, pois já precisei desse perdão;
Amar incondicionalmente, pois também preciso desse amor;
A alegrar quem precisa;
A pedir perdão;
A sonhar acordado;
A acordar para a realidade (sempre que fosse necessário);
A aproveitar cada instante de felicidade;
A chorar de saudade sem vergonha de demonstrar;
Ensinou-me a ter olhos para "ver e ouvir estrelas",
embora nem sempre consiga entendê-las;
A ver o encanto do pôr-do-sol;
A sentir a dor do adeus e do que se acaba, sempre lutando para preservar tudo o que é importante para a felicidade do meu ser;
A abrir as minhas janelas para o amor;
A não temer o futuro;
Ensinou-me e ensina-me a aproveitar o presente,
como um presente que da vida recebi, e usá-lo como um diamante que eu mesmo tenha que lapidar, dando-lhe forma da maneira que eu escolher.

Charles Chaplin

Ainda estou a aprender.

sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Isto é que é dançar



Um pequeno "grande homem".

quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Independência de Angola



Faz hoje 34 anos que Angola se tornou independente. Fez, há 1 semana, 34 anos que vim de lá. Nunca mais lá voltei, Mas tenho aquela terra, que me viu crescer, no meu coração e na minha memória: as gentes, a música, a comida, o clima, a praia, o mar, as ondas, muitas ondas, os meus amigos e o cheiro da terra molhada depois de uma chuvada forte. Um dia voltarei.

Hoje é dia de S. Martinho

(lenda de S. Martinho - clique na imagem)

Provérbios do S. Martinho

-Por S. Martinho semeia fava e o linho.
-Se o Inverno não erra o caminho, tê-lo-ei pelo S. Martinho.
-Se queres pasmar o teu vizinho, lavra, sacha e esterca pelo S. Martinho.
-No dia de S. Martinho, vai à adega e prova o vinho.
-No dia de S. Martinho, castanhas, pão e vinho.
-No dia de S. Martinho com duas castanhas se faz um magustinho.
-Dia de S. Martinho, fura o teu pipinho.
-Dia de S. Martinho, lume, castanhas e vinho.
-Do S. Martinho ao Natal, o médico e o boticário enchem o bornal.
-Pelo S. Martinho, abatoca o teu vinho.
-Pelo S. Martinho, mata o teu porquinho e semeia o teu cebolinho.
-Pelo S. Martinho, todo o mosto é bom vinho.
-Verão de S. Martinho são três dias e mais um bocadinho.
-O Sete-Estrelo pelo S. Martinho, vai de bordo a bordinho; à meia-noite está a pino.

terça-feira, 10 de novembro de 2009

Quando pensamos já ter visto tudo...


(enviado por "Grapilho")

Animação com areia

Kseniya Simonova, ucraniana nascida em 1985, é uma animadora de areia em seu país natal. Ela foi vencedora do Got Talent 2009, a versão ucraniana do America's Got Talent, programa que celebrizou Susan Boyle..

Numa impressionante performance, que você pode conferir no vídeo, ela usa uma enorme caixa de luz, música dramática, imaginação e seu talento para interpretar a invasão alemã e a ocupação da Ucrânia durante a 2ª Guerra.

(O que em cada um de nós existe, haverá sempre de surpreender! "Grapilho")

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Face Oculta



Pinto Monteiro pondera se abre processos sobre escutas telefónicas de Armando Vara com José Sócrates.

O empresário de Ovar detido por suspeitas de corrupção e tráfico de influências junto de políticos organizou um esquema que prejudicou empresas públicas em milhões de euros. Mas até conseguiu dar a ideia de que lhes fazia um favor. Ver mais AQUI.

E isto deve ser a ponta do iceberg.

sábado, 7 de novembro de 2009

Alguém se lembra? O frango atravessou a rua. Porquê?



O frango atravessou a rua. Porquê?


Professora Primária
"Porque o frango queria chegar ao outro lado da rua."

Criança
"Porque sim."

Platão
"Porque queria alcançar o Bem."

Aristóteles
"Porque é da natureza do frango atravessar a rua."

Descartes
"O frango pensou antes de atravessar a rua, logo, existe."

Rousseau
"O frango por natureza é bom; a sociedade é que o corrompe e o leva atravessar a rua."

Freud
"A preocupação com o facto de o frango ter atravessado a rua é um sintoma de insegurança sexual."

Darwin
"Ao longo dos tempos, os frangos vêm sendo seleccionados de forma natural, de modo que, actualmente, a sua evolução genética fê-los dotados da capacidade de cruzar a rua."

Einstein
"Se o frango atravessou a rua ou se a rua se moveu em direcção ao frango, depende do ponto de vista... Tudo é relativo."

Martin Luther King
"Eu tive um sonho. Vi um mundo no qual todos os frangos livres podem cruzar a rua sem que sejam questionados os seus motivos. O frango sonhou."

George W. Bush
"Sabemos que o frango atravessou a rua para poder dispor do seu arsenal de armas de destruição massiça. Por isso tivemos de eliminar o frango."

Cavaco Silva
"Porque é que atravessou a rua, não é importante. O que o país precisa de saber é que, comigo, o frango vai dispor de uma conjuntura favorável. Não colocarei entraves para o frango atravessar a rua."

José Sócrates
"O meu governo foi o que construiu mais passadeiras para frangos.
Quando for reeleito, vou construir galinheiros de cada lado da rua para os frangos não terem de a atravessar."

Mário Soares
"Já disse ao frango para desistir de atravessar a rua! Eu é que vou atravessar! Não vou desistir porque sei que os portugueses querem que eu atravesse outra vez a rua!!!"

Manuel Alegre
"O frango é livre, é lindo, uma coisa assim... com penas! Ele atravessou, atravessa e atravessará a rua, porque o vento cala a desgraça, o vento nada lhe diz!"

Jerónimo de Sousa
"A culpa é das elites dominantes, imperialistas e burguesas que pretendem dominar os frangos, usurpar os seus direitos e aniquilar a sua capacidade de atravessar a rua, na conquista de um mundo socialista melhor e mais justo!"

Francisco Louçã
"Porque é preciso dizer olhos nos olhos que só por uma questão racista o frango necessita de atravessar a rua para o outro lado. É uma mesquinhice obrigar o frango a atravessar a rua!"

Valentim Loureiro
"Desafio alguém a provar que o frango atravessou a rua. É mentira...!!! É tudo mentira!!!"

Paulo Bento
"O frango atravessou a rua com naturalidade... Era isso que esperávamos e foi isso que aconteceu, com muita naturalidade. O frango ainda é muito jovem e estas coisas pagam-se caro, com naturalidade!!!"

Zézé Camarinha
"Porque foi ao engate! É um verdadeiro macho, viu uma franga camone do outro lado da rua e já se sabe, não perdoou!!!"

Lili Caneças
"Porque se queria juntar aos outros mamíferos."

sexta-feira, 6 de novembro de 2009

Campanha eleitoral 3

Nem tenho palavras.

quinta-feira, 5 de novembro de 2009

No baú da minha memória - "Muimbu ua Sabalu"


(Pintura de Neves e Sousa)



Muimbo Ua Sabalu - Bonga [ Kwenda ]

Mon'etu ua kassule
Akutumissa ku San Tomé
Mon'etu ua kassule
Ua kutumissa ku San Tomé

Kuexirié ni ma documentu
Aiué, aiué
Kuexirié ni ma documentu
Aiué, aiué

Mon'etu ua ririlé
Mama ua sanukilé
Mon'etu ua ririlé
Mama ua sanukilé

Aiué, aiué
akutumissa ku San Tomé
Aiué, aiué
akutumissa ku San Tomé

Mon'etu ua kassule
akutumissa ku San Tomé
Mon'etu ua kassule
akutumissa ku San Tomé

Kuexirié ni ma documentu
Aiué, aiué
Kuexirié ni ma documentu
Aiué, aiué

Mon'etu uai kia
Uai imu pulaia
Mon'etu uai kia
Uai imu pulaia

Aiué, aiué
akutumissa ku San Tomé
Aiué, aiué
akutumissa ku San Tomé

Mon'etu ua kassule
akutumissa ku San Tomé
Mon'etu ua kassule
akutumissa ku San Tomé

Kuexirié ni ma documentu
Aiué, aiué
Kuexirié ni ma documentu
Aiué, aiué

Mon'etu ua dirilé
Mama ua salukilé
Mon'etu ua dirilé
Mama ua salukilé

Aiué, aiué
akutumissa ku San Tomé
Aiué, aiué
akutumissa ku San Tomé

Mon'etu ua kassule
akutumissa ku San Tomé
Mon'etu ua kassule
akutumissa ku San Tomé

Kuexidié ni ma documentu
Aiué, aiué
Kuexidié ni ma documentu
Aiué, aiué

Mon'etu uai kia
Uai imu pulaia
Mon'etu uai kia
Uai imu pulaia

Aiué, aiué
Ua kutumissa ku San Tomé
Aiué, aiué
Ua kutumissa ku San Tomé
Aiué, aiué
Ua kutumissa ku San Tomé
Aiué, aiué
Ua kutumissa ku San Tomé
Aiué, aiué, aiué
Ua kutumissa ku San Tomé

(Nosso filho caçula
Mandaram-no pra S. Tomé
Não tinha documentos
Aiué!

(Nosso filho chorou
Mamã enlouqueceu
Aiué!

Mandaram-no pra S. Tomé
Nosso filho partiu
Partiu no porão deles
Aiué!

Mandaram-no pra S. Tomé
Cortaram-lhe os cabelos
Não puderam amarrá-lo
Aiué!

Mandaram-no pra S. Tomé
Nosso filho está a pensar
Na sua terra, na sua casa
Mandaram-no trabalhar
Estão a mirá-lo, a mirá-lo
—Mamã, ele há-de voltar
Ah! A nossa sorte há-de virar
Aiué!

Mandaram-no pra S. Tomé
Nosso filho não voltou
A morte levou-o
Aiué!)

Mário Pinto de Andrade (1928-1990)

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

terça-feira, 3 de novembro de 2009

Porque...


"PORQUE SOU DO TAMANHO DAQUILO QUE VEJO...E NÃO DO TAMANHO DA MINHA ALTURA"

Carlos Drummond de Andrade


"Não estou aqui para corresponder às expectativas alheias. A minha vida pertence-me. E isso é igualmente verdadeiro para os demais seres humanos. Se alguém de quem eu gosto não corresponde aos meus sentimentos ...isso pode ser decepcionante e até doloroso, mas não revela o meu valor pessoal. Nenhum indivíduo ou grupo tem o poder de determinar como vou pensar e sentir a respeito por mim mesma. Se os meus objectivos forem racionais, mereço sucesso naquilo que tentar. Tenho o direito de cometer erros. Essa é uma maneira de eu aprender. Prefiro corrigir os meus erros a fingir que eles não existem. Não procuro fazer com que as minhas convicções pareçam diferentes do que são em nome de popularidade ou de aprovação. Aceito os meus sentimentos tais como são. Aceito a realidade dos meus problemas, mas não sou definida por eles. Os meus problemas não são a minha essência...o medo...a dor...a desorientação e os erros não reflectem o que eu sou. Vale mais a minha personalidade do que traí-la por qualquer recompensa imediata."

segunda-feira, 2 de novembro de 2009

Implosão



Os "tiros" já começaram. Alguns vão cair e, depois da poeira assentar, veremos quem restará.

domingo, 1 de novembro de 2009

Campanha eleitoral 2



Ninguém é o maior!

sábado, 31 de outubro de 2009

Uma ideia muito original



Uma ideia que incentiva ao exercicio.

sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Vara na vara judicial



Mas não foi por estar a olhar para as pernas da Bárbara Guimarães, foi por isto:

"Armando Vara é um dos 12 arguidos ontem constituídos no âmbito da operação Face Oculta desencadeada pelo Departamento de Investigação Criminal de Aveiro da Polícia Judiciária." Ver mais AQUI

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

terça-feira, 27 de outubro de 2009

Campanha eleitoral 1

O poder tem que menstruar!!!

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

Para quem estiver triste



Boa semana para todos, em especial para LISA_B (SER Cristal)

domingo, 25 de outubro de 2009

sexta-feira, 23 de outubro de 2009

ar saudavel



O meu outro Blog. Aguardo a vossa visita. O link fica aí ao lado.

Pierre Larousse



Nasceu em 23 de outubro de 1817, na cidade de Toucy, na França. Teve uma infância feliz dividindo seu tempo entre a escola, o campo e os livros. Aos dezesseis anos, ganhou uma bolsa para concluir seus estudos em Versailles. Com apenas 21 anos, Pierre Larousse regressou à sua terra natal para trabalhar como professor. Ver mais AQUI

Pierre Larousse o Homem e o Professor que ajudou/a a educar o mundo através dos seus dicionários.

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Sol e sombras



(enviado por e-mail)

terça-feira, 20 de outubro de 2009

domingo, 18 de outubro de 2009

Escolheria um traidor para andar ao seu lado?



Júlio César foi um dos mais poderosos imperadores romanos.No dia 15 de março de 44 a.c., quando Júlio César entrava no Senado, os conspiradores rodearam-no armados de punhais. De início ele tentou defender-se, quando, porém, percebeu que entre os conspiradores encontrava-se Bruto (Marcus Julius Brutus) o filho adotivo, o choque foi tão grande que não resistiu e murmurou a célebre frase:"Tu quoque Brutus!" (Até tu Bruto!), caindo atravessado pelos punhais.
O assassinato de César provocou uma verdadeira revolta popular. Supõe-se que seus assassinos não tinham apenas motivos políticos, como também agiram por inveja e orgulho ferido. De que lhe serviu tanto poder se não controlou seu próprio destino?

sábado, 17 de outubro de 2009

Um bailarino especial



Uma bailarino especial e enternecedor. O pormenor de levantar a perna é um mimo.

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Maitê, a bobona



Pensamentos do Grapilho:

"Chamar aos Jerónimos uma Igrejinha
e reparar que Portugal tem MAR
é coisa de mulher muito BURRA
que algo deve ignorar"...

Ver Mais AQUI

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Boatos

Andam por aí a vaticinar o fim da Coligação. Também já se levantam algumas vozes (ou "gravações", como queiram) de que não assumirei o cargo para o qual fui eleita. Enganam-se. Não sou pessoa de abandonar compromissos, nem de defraudar quem confiou em mim elegendo-me.
Quanto à Coligação ficou mais forte pois o espírito que une as pessoas que a compõem é a sua mais-valia. POR VIZELA é para continuar.

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

terça-feira, 13 de outubro de 2009

Vanessa Mae



Vanessa Mae uma extraordinária violionista.

segunda-feira, 12 de outubro de 2009

Ciclo



Fechar um ciclo e abrir outro. Novos rostos, novas amizades, muito companheirismo. Cansada mas descansada. Uma nova vida com um novo olhar sobre o mundo que me rodeia. Uma experiência que me deu sabedoria. Como diz na sua canção a grande Mulher Edith Piaf: non, je ne regrette rien.

domingo, 11 de outubro de 2009

Edith Piaf



Non, je ne regrette rien. Edith Piaf (Edith Giovanna Gassion) nasceu a 19 de dezembro de 1915 e morreu a 10 de Outubro de 1963, mas a data oficial consta como 11 de Outubro. Ver mais AQUI.



sábado, 10 de outubro de 2009

Dia de reflexão



Reflectir para Mudar.