domingo, 18 de outubro de 2009

Escolheria um traidor para andar ao seu lado?



Júlio César foi um dos mais poderosos imperadores romanos.No dia 15 de março de 44 a.c., quando Júlio César entrava no Senado, os conspiradores rodearam-no armados de punhais. De início ele tentou defender-se, quando, porém, percebeu que entre os conspiradores encontrava-se Bruto (Marcus Julius Brutus) o filho adotivo, o choque foi tão grande que não resistiu e murmurou a célebre frase:"Tu quoque Brutus!" (Até tu Bruto!), caindo atravessado pelos punhais.
O assassinato de César provocou uma verdadeira revolta popular. Supõe-se que seus assassinos não tinham apenas motivos políticos, como também agiram por inveja e orgulho ferido. De que lhe serviu tanto poder se não controlou seu próprio destino?