domingo, 29 de novembro de 2009

A minha 2ª Casa


Face ao aumento significativo da procura das urgências hospitalares devido à epidemia de gripe, os horários de vários centros de saúde da região Norte foram alargados já a partir de este fim-de-semana. Ver mais AQUI

A nossa USF já faz horário alargado até às 22h e no fim-de-semana das 9h às 13h. A partir de agora este alargamento vai até às 18h nos fins-de- semana e feriados. Posso considerar que tenho uma 2ª casa e uma 2ª família.

sábado, 28 de novembro de 2009

Corte(?) de cabelo



Aqui é que eu não corto o meu cabelo. Foooooogo!

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Jimi Hendrix



Like a Rolling Stone. Luanda, adolescência, uma mini Enduro, calor e muita praia.

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

A bola



Meninos de Moçambique descobriram uma maneira de fazer uma bola.

terça-feira, 24 de novembro de 2009

Pais adolescentes - uma história



Parece que foi ontem e no entanto já se passaram cerca de 16 anos.
A Vera(nome ficticio) de 15 anos de idade entrou cabisbaixa no consultório. Já a conhecia desde os seus 8 anos. Notei a sua angústia, como quem tem uma confissão a fazer. Balbuciou, quase sussurou, algumas palavras e entre elas compreendi "atrasada" e "medo". Os seus olhos não largavam as suas mãos inquietas. Para facilitar a confissão perguntei-lhe como se chamava o namorado. Ela olhou-me e disse o nome. A conversa foi girando à volta do namorado, quantos anos tinha, se estudava...até à pergunta crucial...pensas que estás grávida?
Ela respondeu que sim e num choro convulsivo repetia "como é que digo à minha mãe?". Conhecendo a sua mãe (senhora muito "nervosa") fui falando na necessidade de uma análise para confirmar a gravidez e, no caso de ser confirmada, na vigilância da mesma.
Depois de acalmar incentivei-a a dizer à mãe logo que obtivesse o resultado para poder contar com o seu apoio. (A avó teve um pequeno "chelique" e de seguida só teve pensamentos para o neto que vinha a caminho).
Apesar de prematuro , nasceu um lindo rapaz o Luis (nome ficticio). A Vera casou e o rapaz cresceu aos seus cuidados e dos avós. Acompanhei o seu crescimento nas consultas de vigilância, na primeiras febre, nos primeiros dentes, quando foi para a escola e mais recentemente quando entrou para o Ciclo.
Passados 15 anos recebi a noticia de que o Luis vai ser pai. A namorada (também ela com 15 anos) é sua colega de escola. E o Luis, na sua adolescência ainda infantil, conversou com os seus pais e disse: "agora que vou ser pai, tenho de parar de estudar para ir trabalhar. Tenho de ganhar para criar o meu filho."
Claro que nem o Luis nem a sua namorada irão parar de estudar. As familias ajudarão estes dois adolescentes, ainda crianças, a serem pais de outra criança.

A Vera vai ser avó aos 31 anos. Eu sinto-me bisavó.

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Coca Cola 2009



Mais uma publicidade criativa.

domingo, 22 de novembro de 2009

Pirata Barba Negra


Barba Negra (1680 - 22 de novembro de 1718), cujo nome real era Edward Teach, foi um dos piratas mais notórios da história da pirataria, sendo uma figura lendária no folclore norte-americano, no qual é conhecido pelo apelido original em inglês, Blackbeard.
Ver mais AQUI.

Recordar histórias da minha infância.

Afinal ainda não tinha visto tudo

sábado, 21 de novembro de 2009

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Desafiar o tempo



Bom fim de semana.

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Ventos


Os ventos que as vezes tiram
algo que amamos, são os
mesmos que trazem algo que
aprendemos a amar...
Por isso não devemos chorar
pelo que nos foi tirado e sim,
aprender a amar o que nos foi
dado. Pois tudo aquilo que é
realmente nosso, nunca se vai
para sempre...

Bob Marley

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Vai uma Rebita? Toca a mexer....

Rir é o melhor remédio


Três cegonhas à conversa:

- Para onde é que vais?
- Vou à casa de um casal que espera o primeiro filho.

- E tu?
- Eu vou à casa de uma senhora que espera um filho há anos.

- E tu, amiga?
- Eu vou ao convento! Nunca levo nada, mas prego-lhes um susto do caraças!

terça-feira, 17 de novembro de 2009

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

87º Aniversário de Saramago



"Dificílimo acto é o de escrever, responsabilidade das maiores.(...) Basta pensar no extenuante trabalho que será dispor por ordem temporal os acontecimentos, primeiro este, depois aquele, ou, se tal mais convém às necessidades do efeito, o sucesso de hoje posto antes do episódio de ontem, e outras não menos arriscadas acrobacias(...)"

Saramago, A Jangada de Pedra, 1986


A carreira de Saramago tem sido acompanhada de diversas polémicas. As suas opiniões pessoais sobre religião são discutidas pelos diversos quadrantes. O seu último livro "Caim" é um exemplo, tendo originado todo o tipo de opiniões.
Não nos podemos esquecer que ganhou o Prémio Nobel de Literatura (1998) - o primeiro concedido a um escritor de língua portuguesa.
Parabéns pelo seu 87º Aniversário.

sábado, 14 de novembro de 2009

A vida ensinou-me...


A vida ensinou-me...
A dizer adeus às pessoas que amo, sem tirá-las do meu coração;
Sorrir às pessoas que não gostam de mim,
Para mostrar-lhes que sou diferente do que elas pensam;
Fazer de conta que tudo está bem quando isso não é verdade, para que eu possa acreditar que tudo vai mudar;
Calar-me para ouvir; aprender com meus erros.
Afinal eu posso ser sempre melhor.
A lutar contra as injustiças; sorrir quando o que mais desejo é gritar todas as minhas dores para o mundo.
A ser forte quando os que amo estão com problemas;
Ser carinhoso com todos que precisam do meu carinho;
Ouvir a todos que só precisam de desabafar;
Amar os que me machucam ou querem fazer de mim depósito de suas frustrações e desafetos;
Perdoar incondicionalmente, pois já precisei desse perdão;
Amar incondicionalmente, pois também preciso desse amor;
A alegrar quem precisa;
A pedir perdão;
A sonhar acordado;
A acordar para a realidade (sempre que fosse necessário);
A aproveitar cada instante de felicidade;
A chorar de saudade sem vergonha de demonstrar;
Ensinou-me a ter olhos para "ver e ouvir estrelas",
embora nem sempre consiga entendê-las;
A ver o encanto do pôr-do-sol;
A sentir a dor do adeus e do que se acaba, sempre lutando para preservar tudo o que é importante para a felicidade do meu ser;
A abrir as minhas janelas para o amor;
A não temer o futuro;
Ensinou-me e ensina-me a aproveitar o presente,
como um presente que da vida recebi, e usá-lo como um diamante que eu mesmo tenha que lapidar, dando-lhe forma da maneira que eu escolher.

Charles Chaplin

Ainda estou a aprender.

sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Isto é que é dançar



Um pequeno "grande homem".

quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Independência de Angola



Faz hoje 34 anos que Angola se tornou independente. Fez, há 1 semana, 34 anos que vim de lá. Nunca mais lá voltei, Mas tenho aquela terra, que me viu crescer, no meu coração e na minha memória: as gentes, a música, a comida, o clima, a praia, o mar, as ondas, muitas ondas, os meus amigos e o cheiro da terra molhada depois de uma chuvada forte. Um dia voltarei.

Hoje é dia de S. Martinho

(lenda de S. Martinho - clique na imagem)

Provérbios do S. Martinho

-Por S. Martinho semeia fava e o linho.
-Se o Inverno não erra o caminho, tê-lo-ei pelo S. Martinho.
-Se queres pasmar o teu vizinho, lavra, sacha e esterca pelo S. Martinho.
-No dia de S. Martinho, vai à adega e prova o vinho.
-No dia de S. Martinho, castanhas, pão e vinho.
-No dia de S. Martinho com duas castanhas se faz um magustinho.
-Dia de S. Martinho, fura o teu pipinho.
-Dia de S. Martinho, lume, castanhas e vinho.
-Do S. Martinho ao Natal, o médico e o boticário enchem o bornal.
-Pelo S. Martinho, abatoca o teu vinho.
-Pelo S. Martinho, mata o teu porquinho e semeia o teu cebolinho.
-Pelo S. Martinho, todo o mosto é bom vinho.
-Verão de S. Martinho são três dias e mais um bocadinho.
-O Sete-Estrelo pelo S. Martinho, vai de bordo a bordinho; à meia-noite está a pino.

terça-feira, 10 de novembro de 2009

Quando pensamos já ter visto tudo...


(enviado por "Grapilho")

Animação com areia

Kseniya Simonova, ucraniana nascida em 1985, é uma animadora de areia em seu país natal. Ela foi vencedora do Got Talent 2009, a versão ucraniana do America's Got Talent, programa que celebrizou Susan Boyle..

Numa impressionante performance, que você pode conferir no vídeo, ela usa uma enorme caixa de luz, música dramática, imaginação e seu talento para interpretar a invasão alemã e a ocupação da Ucrânia durante a 2ª Guerra.

(O que em cada um de nós existe, haverá sempre de surpreender! "Grapilho")

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Face Oculta



Pinto Monteiro pondera se abre processos sobre escutas telefónicas de Armando Vara com José Sócrates.

O empresário de Ovar detido por suspeitas de corrupção e tráfico de influências junto de políticos organizou um esquema que prejudicou empresas públicas em milhões de euros. Mas até conseguiu dar a ideia de que lhes fazia um favor. Ver mais AQUI.

E isto deve ser a ponta do iceberg.

sábado, 7 de novembro de 2009

Alguém se lembra? O frango atravessou a rua. Porquê?



O frango atravessou a rua. Porquê?


Professora Primária
"Porque o frango queria chegar ao outro lado da rua."

Criança
"Porque sim."

Platão
"Porque queria alcançar o Bem."

Aristóteles
"Porque é da natureza do frango atravessar a rua."

Descartes
"O frango pensou antes de atravessar a rua, logo, existe."

Rousseau
"O frango por natureza é bom; a sociedade é que o corrompe e o leva atravessar a rua."

Freud
"A preocupação com o facto de o frango ter atravessado a rua é um sintoma de insegurança sexual."

Darwin
"Ao longo dos tempos, os frangos vêm sendo seleccionados de forma natural, de modo que, actualmente, a sua evolução genética fê-los dotados da capacidade de cruzar a rua."

Einstein
"Se o frango atravessou a rua ou se a rua se moveu em direcção ao frango, depende do ponto de vista... Tudo é relativo."

Martin Luther King
"Eu tive um sonho. Vi um mundo no qual todos os frangos livres podem cruzar a rua sem que sejam questionados os seus motivos. O frango sonhou."

George W. Bush
"Sabemos que o frango atravessou a rua para poder dispor do seu arsenal de armas de destruição massiça. Por isso tivemos de eliminar o frango."

Cavaco Silva
"Porque é que atravessou a rua, não é importante. O que o país precisa de saber é que, comigo, o frango vai dispor de uma conjuntura favorável. Não colocarei entraves para o frango atravessar a rua."

José Sócrates
"O meu governo foi o que construiu mais passadeiras para frangos.
Quando for reeleito, vou construir galinheiros de cada lado da rua para os frangos não terem de a atravessar."

Mário Soares
"Já disse ao frango para desistir de atravessar a rua! Eu é que vou atravessar! Não vou desistir porque sei que os portugueses querem que eu atravesse outra vez a rua!!!"

Manuel Alegre
"O frango é livre, é lindo, uma coisa assim... com penas! Ele atravessou, atravessa e atravessará a rua, porque o vento cala a desgraça, o vento nada lhe diz!"

Jerónimo de Sousa
"A culpa é das elites dominantes, imperialistas e burguesas que pretendem dominar os frangos, usurpar os seus direitos e aniquilar a sua capacidade de atravessar a rua, na conquista de um mundo socialista melhor e mais justo!"

Francisco Louçã
"Porque é preciso dizer olhos nos olhos que só por uma questão racista o frango necessita de atravessar a rua para o outro lado. É uma mesquinhice obrigar o frango a atravessar a rua!"

Valentim Loureiro
"Desafio alguém a provar que o frango atravessou a rua. É mentira...!!! É tudo mentira!!!"

Paulo Bento
"O frango atravessou a rua com naturalidade... Era isso que esperávamos e foi isso que aconteceu, com muita naturalidade. O frango ainda é muito jovem e estas coisas pagam-se caro, com naturalidade!!!"

Zézé Camarinha
"Porque foi ao engate! É um verdadeiro macho, viu uma franga camone do outro lado da rua e já se sabe, não perdoou!!!"

Lili Caneças
"Porque se queria juntar aos outros mamíferos."

sexta-feira, 6 de novembro de 2009

Campanha eleitoral 3

Nem tenho palavras.

quinta-feira, 5 de novembro de 2009

No baú da minha memória - "Muimbu ua Sabalu"


(Pintura de Neves e Sousa)



Muimbo Ua Sabalu - Bonga [ Kwenda ]

Mon'etu ua kassule
Akutumissa ku San Tomé
Mon'etu ua kassule
Ua kutumissa ku San Tomé

Kuexirié ni ma documentu
Aiué, aiué
Kuexirié ni ma documentu
Aiué, aiué

Mon'etu ua ririlé
Mama ua sanukilé
Mon'etu ua ririlé
Mama ua sanukilé

Aiué, aiué
akutumissa ku San Tomé
Aiué, aiué
akutumissa ku San Tomé

Mon'etu ua kassule
akutumissa ku San Tomé
Mon'etu ua kassule
akutumissa ku San Tomé

Kuexirié ni ma documentu
Aiué, aiué
Kuexirié ni ma documentu
Aiué, aiué

Mon'etu uai kia
Uai imu pulaia
Mon'etu uai kia
Uai imu pulaia

Aiué, aiué
akutumissa ku San Tomé
Aiué, aiué
akutumissa ku San Tomé

Mon'etu ua kassule
akutumissa ku San Tomé
Mon'etu ua kassule
akutumissa ku San Tomé

Kuexirié ni ma documentu
Aiué, aiué
Kuexirié ni ma documentu
Aiué, aiué

Mon'etu ua dirilé
Mama ua salukilé
Mon'etu ua dirilé
Mama ua salukilé

Aiué, aiué
akutumissa ku San Tomé
Aiué, aiué
akutumissa ku San Tomé

Mon'etu ua kassule
akutumissa ku San Tomé
Mon'etu ua kassule
akutumissa ku San Tomé

Kuexidié ni ma documentu
Aiué, aiué
Kuexidié ni ma documentu
Aiué, aiué

Mon'etu uai kia
Uai imu pulaia
Mon'etu uai kia
Uai imu pulaia

Aiué, aiué
Ua kutumissa ku San Tomé
Aiué, aiué
Ua kutumissa ku San Tomé
Aiué, aiué
Ua kutumissa ku San Tomé
Aiué, aiué
Ua kutumissa ku San Tomé
Aiué, aiué, aiué
Ua kutumissa ku San Tomé

(Nosso filho caçula
Mandaram-no pra S. Tomé
Não tinha documentos
Aiué!

(Nosso filho chorou
Mamã enlouqueceu
Aiué!

Mandaram-no pra S. Tomé
Nosso filho partiu
Partiu no porão deles
Aiué!

Mandaram-no pra S. Tomé
Cortaram-lhe os cabelos
Não puderam amarrá-lo
Aiué!

Mandaram-no pra S. Tomé
Nosso filho está a pensar
Na sua terra, na sua casa
Mandaram-no trabalhar
Estão a mirá-lo, a mirá-lo
—Mamã, ele há-de voltar
Ah! A nossa sorte há-de virar
Aiué!

Mandaram-no pra S. Tomé
Nosso filho não voltou
A morte levou-o
Aiué!)

Mário Pinto de Andrade (1928-1990)

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

terça-feira, 3 de novembro de 2009

Porque...


"PORQUE SOU DO TAMANHO DAQUILO QUE VEJO...E NÃO DO TAMANHO DA MINHA ALTURA"

Carlos Drummond de Andrade


"Não estou aqui para corresponder às expectativas alheias. A minha vida pertence-me. E isso é igualmente verdadeiro para os demais seres humanos. Se alguém de quem eu gosto não corresponde aos meus sentimentos ...isso pode ser decepcionante e até doloroso, mas não revela o meu valor pessoal. Nenhum indivíduo ou grupo tem o poder de determinar como vou pensar e sentir a respeito por mim mesma. Se os meus objectivos forem racionais, mereço sucesso naquilo que tentar. Tenho o direito de cometer erros. Essa é uma maneira de eu aprender. Prefiro corrigir os meus erros a fingir que eles não existem. Não procuro fazer com que as minhas convicções pareçam diferentes do que são em nome de popularidade ou de aprovação. Aceito os meus sentimentos tais como são. Aceito a realidade dos meus problemas, mas não sou definida por eles. Os meus problemas não são a minha essência...o medo...a dor...a desorientação e os erros não reflectem o que eu sou. Vale mais a minha personalidade do que traí-la por qualquer recompensa imediata."

segunda-feira, 2 de novembro de 2009

Implosão



Os "tiros" já começaram. Alguns vão cair e, depois da poeira assentar, veremos quem restará.

domingo, 1 de novembro de 2009

Campanha eleitoral 2



Ninguém é o maior!