quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

Dar Vida à Ana

"Imagine.
Imagine, ainda que apenas por um minuto, que tem leucemia.
Imagine que o seu médico lhe diz, após vários ciclos altamente debilitantes de quimioterapia, que não existe um dador de medula óssea compatível consigo.
Imagine que sabe que isso significa que tem muito pouco tempo de vida, já que uma percentagem esmagadora dos doentes com leucemia, só tem esperança se fizer um transplante de medula óssea.
Imagine a angústia, o medo e a ansiedade.
Imagine a tristeza de se começar a despedir de quem mais gosta, sabendo que tem muito pouco tempo para o fazer. Os seus pais, filhos, irmãos e amigos.
Imagine que há muitas pessoas que, pelas mais diversas razões, mas no fundo por nenhuma em especial, não são Dadores de Medula Óssea e que, provavelmente, uma dessas pessoas, que precisava apenas de ter gasto 1 hora, podia ter salvo a sua vida.
Imagine que ainda não é Dador de Medula Óssea.

Pare de imaginar.

Inscreva-se no Banco de Dadores de Medula Óssea e talvez possa ser a "célulazinha" que falta para um doente com Leucemia ter uma "vida nova". Como?

Dirija-se a um dos centros:

http://www.chsul.pt/web/
Sul - http://www.chsul.pt/web/index.php?m=36
Centro - http://www.histocentro.min-saude.pt/contactos.asp
Norte - http://www.chnorte.min-saude.pt/contactos.php

Leve um pequeno questionário já preenchido: http://www.chsul.pt/web/inscricao_CEDACE.pdf

CONVIDE OS SEUS AMIGOS FB PARA ESTE GRUPO! DIVULGUE ESTA INFORMAÇÂO! INSCREVA-SE!" de Diogo Diniz no Facebook.


Dia 30 de Janeiro, sábado, na Rádio Vizela (97.2 FM) das 12h ás 13h (Grande Auditório) realiza-se um Programa sobre Doação de Medula Óssea para sensibilização da comunidade sobre este tema. Ouça e compareça no dia 13 de Fevereiro nas instalações da Cruz Vermelha em Vizela das 9h às 18h. Pode salvar uma vida.

Homenagem ao Cinema



Simplesmente espectacular.

terça-feira, 26 de janeiro de 2010

segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

Menina de 12 anos abusada por 14 homens


Estou chocada.

"O Tribunal de Ponta Delgada inicia hoje o julgamento de 14 homens, com idades entre 20 e 80 anos, acusados de abusos sexuais sobre uma menor, de 12 anos e com atraso mental, entre Julho de 2006 e Outubro de 2007, no concelho de Vila Franca do Campo, Ilha de S. Miguel, nos Açores."
Ver mais AQUI

sábado, 23 de janeiro de 2010

Festival da Canção da RTP


Era para fazer um apelo e uma chamada de atenção:
O Vizelense Américo Faria, irmão do Prof. António Faria, fez a letra para o Festival da Eurovisão e para que ele fique entre as primeiras 24 canções selecionadas deverão votar na canção "FOGO LENTO" cantada por Nuno Pinto. Ir ao site www.rtp.pt e votar no "Festival da Canção", nesta canção. Têm que se registar - é facil. A votação tem que ser feita até 4ªfeira.

Podem ir AQUI ou AQUI

Vote! Vamos levar um Vizelense ao Festival da Canção da RTP.

sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

Alguns enfiaram a carapuça....

Significado: Assumir a culpa; sentir-se atingido por alusão ou remoque impersonalizado; pregar uma partida; sofrer uma decepção.

Origem: A carapuça é uma espécie de barrete ou capuz de forma cónica e remonta ao período da Inquisição, em que os condenados eram obrigados a vestir trajes ridículos para comparecer aos julgamentos. Além de usarem uma túnica com o formato de um poncho, precisavam de colocar sobre a cabeça um chapéu longo e pontiagudo, conhecido como carapuça. Daí a expressão “enfiar a carapuça” ou “enfiar o barrete“.

in amigosdolivro.com

....ou comeram rebuçados!

quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

Metodologia de trabalho em Portugal


(clicar na foto para aumentar)

segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

Haiti



Uma reportagem onde as palavras não são necessárias.

Tragédia!

Grito no silêncio…
Oh Grande Mãe!
Mais uma vez o Inferno subiu,
Tanto agitaste, sacudiste,
Que os teus filhos engoliste.

Confundidos com entulho,
Jazem os seus corpos perdidos,
Sem despedida, sem o Choro!
De amigos e entes queridos…

Como Luzes reluzentes,
Partem em direcção ao Grande Pano,
Como marionetas usadas,
Retiradas antes de tempo, com um abano…
Grito em silêncio…

Marlene (retirado AQUI)

domingo, 17 de janeiro de 2010

Uma Lenda...sobre Verdade e Mentira


Há muito tempo, a Verdade, a Mentira, o Fogo e a Água estavam viajando e viram rebanho de ovelhas. Discutiram o assunto e chegaram à conclusão de que seria melhor dividir o rebanho em quatro partes iguais para que cada um pudesse levar consigo uma quantidade igual de animais.
Mas a Mentira era gananciosa e arquitectou um plano para ficar com uma parte maior.
- Ouve o meu conselho - sussurrou ela, puxando a Água para um canto. - O Fogo está planear queimar toda a relva e as árvores das suas margens para conduzir teu gado pelas planícies e ficar com os animais para ele. Se fosse a ti, acabaria com ele logo agora, e assim repartiríamos a parte dele entre nós.
A Água foi tola o suficiente para acatar o conselho da Mentira e lançou-se sobre o Fogo, apagando-o.
E a Mentira dirigiu-se de seguida para a Verdade, sussurrando-lhe:
- Vê só o que fez a Água! Acabou com o Fogo para ficar com o gado dele. Não deveríamos associar-nos a alguém assim. Deveríamos pegar no gado todo e partir para as montanhas.
A Verdade acreditou nas palavras da Mentira e concordou com seu plano. E, juntas, levaram o gado para as montanhas.
- Esperem por mim - disse a Água, correndo no se encalço, mas é claro que não conseguiu correr monte acima. E foi deixada para trás, no vale.
Ao chegarem no topo da montanha mais alta, a Mentira virou-se para a Verdade e pôs-se a rir.
- Consegui enganar-te, sua idiota! - disse ela, soltando um riso estridente. - Agora tu dar-me-ás todo o gado e serás minha escrava, ou eu destruir-te-ei.
- Ora essa! Tu enganaste-me - admitiu a Verdade. - Mas eu jamais serei tua escrava.
E as duas iniciaram uma luta; e enquanto se batiam, os trovões ecoavam pelas montanhas. As duas agrediram-se por muito tempo, mas nenhuma conseguiu destruir a outra.
Acabaram por chamar o Vento para decidir quem seria a vencedora da disputa. E o Vento subiu a montanha a toda velocidade, e ouviu o que ambas tinham a dizer. E por fim falou:
- Não me cabe apontar a vencedora. A Verdade e a Mentira estão fadadas à disputa. Às vezes, a Verdade ganhará; outras vezes a Mentira prevalecerá; neste caso, a Verdade deverá se erguer e tornar a lutar. Até o fim do mundo, a Verdade deverá combater a Mentira e jamais buscar o descanso ou baixar a guarda; caso contrário, será aniquilada para sempre.
por isso é que a Verdade e a Mentira continuam a lutar até hoje.

(Lenda Etíope)

sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

Rita Pavone



Uma das cantoras da minha adolescência.

quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

Temo, Lídia, o Destino. Nada é Certo



Temo, Lídia, o destino. Nada é certo.
Em qualquer hora pode suceder-nos
O que nos tudo mude.

Fora do conhecido é estranho o passo
Que próprio damos. Graves numes guardam
As lindas do que é uso.

Não somos deuses; cegos, receemos,
E a parca dada vida anteponhamos
À novidade, abismo.

Ricardo Reis
(Heterónimo de Fernando Pessoa)

segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

Solidariedade



Sem palavras...

sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

Dar Vida à Ana

(Ana e o seu filho Martim)


A Associação de Dadores Benévolos de Sangue de Vizela, a pedido de familiares da Ana Cristina Santos, irão promover com a colaboração do Centro de Histocompatibilidade do Norte, uma acção de angariação de Potenciais Dadores de Medula Óssea que será no dia 13 de Fevereiro Das 9h às 18h na sede da Delegação da Cruz Vermelha em Vizela junto ao Mercado Municipal. Se tiver entre 18 e 45 anos e for saudável compareça.

quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

terça-feira, 5 de janeiro de 2010

segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

sexta-feira, 1 de janeiro de 2010