sexta-feira, 3 de setembro de 2010

Casa Pia




"Ninguém de bom senso pode estar contente depois de um processo destes onde, pela minha parte, ouvi as histórias mais tenebrosas que alguma vez ouvi na minha vida"

"Ninguém olha mais para uma criança que denuncia um adulto com o mesmo olhar displicente que existiu durante anos".

Catalina Pestana ex-provedora da Casa Pia