terça-feira, 24 de dezembro de 2013

Feliz natal meu filho.......



Porque gostamos.....with Nuno Salta  ♥  and Sano Ogawa


Feliz Natal para ti meu filho querido. Apesar de não estares fisicamente entre nós, sinto tanto a tua presença......aquele gesto......o sorriso lindo e doce.....a tua voz ecoando escada a cima....mãe...mãe...mãe....cheira bem....uhmm que bom.....a tua chegada a casa....as novidades que trazias ......as nossa discussões existenciais....as divergências quanto à maneira de sentir os jogos do Benfica.....o teu bom humor....o amor e dedicação à tua profissão.....o teu doutoramento quase acabado......inacabado...a tua vida que foi cortada ......inacabada.....como esta Sinfonia. Amo-te Nuno Salta. Amo-te meu filho!

sábado, 21 de dezembro de 2013

A Viagem..........................




Porque gostamos.....with Nuno Salta  ♥  and Sano Ogawa

Aqui...onde estou sentada.....numa viagem em tempo e espaço...ouvindo esta deliciosa melodia....o meu pensamento vai para os meus filhos. Para quem ainda não foi/é mãe pensará que serei obsessiva ......mas não se trata de obsessão.....é um amor tão especial, inquebrável, intemporal, .....amor que sinto em cada canto da minha alma. A preocupação com eles é constante....sim, disse com eles...porque meu filho está sempre em mim e preocupar-me-ei com ele e com a minha filha até ao fim da minha vida.
Nesta viagem no tempo e no espaço vou de encontro a um Natal......de uma reunião familiar......já sem a presença física de meu pai e de meu filho....mas com a presença da mais jovem da família, a pequena Carolina, minha sobrinha-neta.....
Fazendo o caminho, sem aquela habitual alegria......mas contente por me encontrar com todos eles.....ouvindo este Hino de Vangelis!

sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

E foi assim......



Foi assim a noite na Ceia de Natal do meu Clube Rotário.....o Rotary Club de Vizela.
Um noite cheia....cheia de Companheiros(as) do Clube, do Rotary Kids de Vizela e do Rotaract Club de Vizela ......cheia dos Alunos(as) e Professores(as) da Universidade Sénior de Rotary de Vizela .....cheia de pais dos meus queridos Companheiros dos Kids......cheia de convívio....de amizade.....de companheirismo.
Uma noite onde se cantaram músicas de Natal.....se leram poemas de Natal....
Uma noite cheia em que me senti um pouco mais feliz....
Uma noite cheia.....em que, por momentos, ficava só com o meu pensamento e nele as minhas memórias.....
Uma noite onde parte de mim esteve lá.....a parte que vive!

domingo, 15 de dezembro de 2013

Cabelos brancos................



Se me perguntarem o que mais gosto em mim (fisicamente) responderei....os meus cabelos brancos! Eles são a história da minha vida....dos meus quase 58 anos de vida.....reflectem o meu passado com as alegrias, tristezas, tempos que escondi meu sofrimento enfrentando as dificuldades que tivemos quando chegamos de Luanda..... o nascimento dos meus filhos, a preocupação constante com eles, a alegria do 1º dia do início da sua vida académica, as suas virtudes, algumas das suas "birras", o amor infinito que tenho por eles .....a faculdade e camaradagem entre todos, a vinda para Vizela, os mais de 33 anos de profissão, as noites em claro na urgência do Hospital..... o rompimento de um elo que estava quebrado mas que ia tentando colar em vão....um ano em confrontações, depois já quando parecia que a paz me tinha sido devolvida chegou a maior provação da minha vida, a morte que me separou abruta e impiedosamente de meu filho. Quis morrer......lá, naquele sitio frio, onde a solidão da dor nos invade...pedi a Deus para me levar: Meu Deus...dá vida ao meu menino e em troca dou-te a minha vida!
Como um sinal Maria nossa Mãe apareceu no meu pensamento: ela também perdeu o filho!
E à minha frente.....no corpo inerte de meu filho vi a minha filha, a minha mãe, os meus irmãos, seus/nossos Amigos, todos que ele sabia eu amava...e despedi-me cantando-lhe a canção de ninar: uma gaivota voava, voava, asas de vento, coração de mar.....
Estes 18 meses acrescentaram mais uns cabelos brancos .......estes cheios de saudades....

domingo, 8 de dezembro de 2013

Benfica!


Hoje estive no Jantar da Casa do Benfica em Vizela. Antes, na Sede foi feita a homenagem a 3 sócios: 2 beneméritos, O Sr José Adriano Vaz Pinheiro e o Sr José Lopes e a mim por ter sido a 1ª presidente......foram colocadas as nossas fotografias à entrada para o auditório.
Durante o jantar estive bem acompanhada com colegas da minhas 2 presidências e quase no final o Sr Gaspar, actual Presidente da Casa do Benfica pediu-me para eu usar da palavra e dirigir-me aos Benfiquistas. Assim o fiz......não podia deixar de dizer que a minha alma é benfiquista, que o Benfica é mais que futebol....que temos a honra de ter como atleta do Benfica a nossa querida Dulce Félix. Falei da Casa do Benfica em Vizela....do seu inicio....das preocupações que passei a ter com os jogos e seus resultados, não porque ficaria triste ou muito feliz .....mas sim porque me importava com a Casa. Se o Benfica perdesse lá se ia o negócio do bar.
Acabei por falar da pessoa que me acompanhou desde o 1º jantar para angariação de fundos para a Casa (ainda ela estava em projecto) a todos os jantares fossem de aniversário ou de Natal......o meu filho. Falei no amor imenso que ele tinha pelo SLBenfica. Como ele sofria com os jogos.......como ele ficava feliz com as vitórias......e eu sofria por ele e fica feliz por ele. E chorei, chorei, chorei......hoje foi o 1º jantar que fui só ....sem o meu GRANDE BENFIQUISTA!.................

quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

Ao meu filho........



A uma criança

As longas mãos, cobertas de silêncio
e de espera
acariciam agora, outras mãos,
mais pequenas e mais belas...
E desse contacto tão distante,
que ainda é saudade
e é já promessa,
nasce a íntima certeza
de que o sangue do meu corpo
corre para o teu,
como uma herança...
Estão presas as minhas mãos,
às tuas mãos, criança!
E sobre a ponte frágil
dos nossos dedos confundidos
como cadeias de hera,
se ergue, dia a dia
a esperança desta cor
e desta espera....

Alda Lara (8 de Junho de 1952)

terça-feira, 3 de dezembro de 2013

Porque gostamos..........................





Porque gostamos...with Nuno Salta ♥ and Sano Ogawa ♥

sexta-feira, 29 de novembro de 2013

Espera............................


'' ... O tempo é algo que não volta atrás.
Por isso plante seu jardim e decore sua alma,
Ao invés de esperar que alguém lhe traga flores ... ''

William Shakespeare

sábado, 23 de novembro de 2013

Ordem no recinto..............



ORDEM NO RECINTO.

Resolvi tirar do peito.
Abrir gavetas.
Escancarar.
Saquei dinheiro da poupança.

Joguei fora roupa velha.
Espanei móvel.
Poli meus desejos.
Encerei o chão só para escorregar.
Tomei banho rápido.
Fiz mala de viagem.
Coloquei nada dentro.
Vazia vai.
Volta cheia.
Tenha certeza.
Chega de vidinha.
Parei com as vidinhas.
Hora de botar a casa em ordem.
A começar fazendo desordem.
Começando HOJE e SEMPRE.


Com Um Punhado De Palavras

How can i go on.................





How can I go on
From day to day
Who can make me strong in every way
Where can I be safe
Where can I belong
In this great big world of sadness
How can I forget
Those beautiful dreams that we shared
They're lost and they're nowhere to be found
How can I go on

terça-feira, 19 de novembro de 2013

Sorriso.......do meu filho!



Encho o vazio do tempo
com o teu sorriso
que me chega sorrateiro,
saindo da fotografia
que um instante retratou .


Amo-te meu filho!

sábado, 16 de novembro de 2013

Quero acordar-te........................



Quero acordar-te
da profundidade do teu sono,
da carícia tornada ferida,
do crepúsculo não vivido.
Buscaste-me quebrando
um a um os silêncios
das tuas mãos,
pisaste as estradas,
com asas chegaste
como o outono
discreto mas presente.
Sou a semente que se perdeu
entre as pedras do caminho
e o luar esquecido pela claridade
dos néons.
Soube-nos a chegada
a partida pela noite.
Se voltas,
porque tens de partir
na cauda dos ventos do norte?
O frio percorre-me
quando começa a sombra da tua ausência.


Lília Tavares in Parto com os Ventos

segunda-feira, 11 de novembro de 2013

A luz que voltou a brilhar............





Meu querido filho ,

O teu computador já foi renovado, já vejo de novo aquela luz azul que cintilava na tua sala......agora está na casa da tua irmã Sano Ogawa . Ela vai dar-lhe o uso que eu não daria.....este computador é teu meu filho querido e é da tua irmã que tanto adoramos. Está aqui na casa dela, veio comigo e com o teu grande amigo Andre Alves, amizade de irmãos e colegas de escola. Este computador que montaste com tanto esmero, finalmente, ao fim de 17 meses vai ter novamente vida. Adoromos-te Nuno Salta. Adoro-te meu filho




sexta-feira, 8 de novembro de 2013

Asas........................




Asas servem para voar,
Para sonhar, ou para planar
Visitar, espreitar, espiar,
Mil casas do ar.

As asas não se vão cortar;
Asas são para combater,
Num lugar infinito no vacuo,
Para respirar o ar.

As asas são
Para proteger, te pintar
Não te esquecer,
Visitar-te, olhar-te, espreitar-te
Bem alto do ar.

E só quando quiseres pousar
Da paixão que te roer,
É um amor que vês nascer
Sem prazo, idade de acabar.
Não há leis para te prender
Aconteça o que acontecer.

Mas só quando quiseres pousar
Da paixão que te roer,
É um amor que vês nascer
Sem prazo, idade de acabar.

Não há leis para te prender
Aconteça o que acontecer.
Não vejo leis para te prender
Acontença o que acontecer.
Não há leis para te prender
Aconteça o que acontecer...

GNR

terça-feira, 5 de novembro de 2013

Porque gostamos....................





Porque gostamos .......with Nuno Salta ♥ and Sano Ogawa ♥

Viagem..........................




Viagem

O beijo da quilha
na boca da água
me vai trocando entre o céu e mar,
o azul de outro azul,
enquanto
na funda transparência 
sinto a vertigem
de minha própria origem
e nem sequer já sei
que olhos são os meus
e em que água
se naufraga minha alma
Se chorasse, agora,
o mar inteiro
me entraria pelos olhos

Mia Couto

sábado, 2 de novembro de 2013

Voltar atrás..................


Só existe um motivo que me levaria voltar atrás...... até 27 de Junho de 1984...data de nascimento do meu filho.....viver tudo de novo, todas as alegrias, as angústias, as realizações... ainda mais intensamente! E naquele dia, quase 28 anos mais tarde, sairia eu de casa na sua vez, percorreria eu o mesmo caminho ....naquele dia ....seria ceifada a minha vida.....e não a dele!

domingo, 27 de outubro de 2013

Porque gostamos..........





Porque gostamos ....with Nuno Salta ♥ and Sano Ogawa ♥

Olá meu filho,

ando a remexer no disco externo que faz o backup ao pc. Nele encontro tantas memórias em forma de fotografias, vídeos e música.
Lembras-te desta? Gravaste para mim um ficheiro com musica dos Beatles, Doors, The Who, Rolling Stones, Top 1000 e da série Cold Case....esta é uma delas.

Ouço-a pensando em ti meu filho
sofrendo com tanta saudade;
mitigando a dor da tua ausência física
a música recompõe a minha sanidade.

Amo-vos meus filhos!

sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Para Ti....................



Para Ti

Para ti tenho tudo o que quiseres:
Uma harpa com cordas de cristal
Que só o vento sul pode tocar,
Um nome antigo que nunca ninguém disse
E um vinho em movimento circular.

Um planeta ainda por descobrir,
Que entrevejo nas noites mais vazias.
Uma aurora boreal petrificada
À tua porta, um canto de embalar
E um gesto louco a emergir do nada.

Tenho um comboio de madeira, uma cidade
Verde, verde, aberta e revoltada.
Uma sombra que desmaia no passeio,
As cores que ninguém vê no arco-íris
E um diamante com um coração no meio.

Tenho um segredo feito de marfim,
Uma batalha que ninguém perdeu,
O segmento de recta onde amanheces.
E uns olhos onde podes encontrar
O que não disse, para que o quisesses.

Mário Domingos

terça-feira, 22 de outubro de 2013

Incerta


Incerta

Incertos estes ventos
que fustigam e levam os meus cabelos
como incerta
a minha certeza de existir.
Bússola, percorro-me
sem encontrar o triângulo do meu norte.
Quase noite
neste entardecer incerto.
Esta incerteza de crepúsculo
trazido no gemido das aves tardias,
incertas estas horas,
gotas de tempo perdidas
em que sei que não vivo.
Busco-te náufraga de mim,
rochedo mudo e desejado
na praia da minha manhã.

Lília Tavares

domingo, 20 de outubro de 2013

Someday Never Comes............

Porque gostamos... Nuno Salta ♥ ... Sano Ogawa ♥

quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Guardar o fogo.............Poema 31

Poema 31

Aquele poeta obscuro via
quando o dia ardia na ardósia.
E quando ardia o dia, havia
uma cor terrosa, uma cor de rosa
que ardia cor-de-rosa. E uma rosa
havia que, na cor terrosa, ardia
como o dia na ardósia.
E aquele poeta obscuro
que ardia num dia cor-de-rosa,
colheu a rosa que na ardósia
ardia. E no fogo que havia,
o poeta ardia, ardia, ardia,
como uma rosa de ardósia
que morria.

Joaquim Pessoa

quarta-feira, 16 de outubro de 2013

Doi-me a vida....................




— Dói-te alguma coisa?
— Dói-me a vida, doutor.
— E o que fazes quando te assaltam essas dores?
— O que melhor sei fazer, excelência.
— E o que é?
— É sonhar.

Mia Couto


Que posso dizer acerca dos meus maravilhosos filhos? Como dizer do amor que lhes tenho? Como dizer do amor fraternal que eles sentem? Como dizer da saudade que sinto do meu filho que inunda os meus dias? Como dizer que a força que tenho para viver vem dele e da minha filha? Como dizer que por mais horas, dias, meses que passam sinto que Deus podia ter-me escolhido para partir e deixar o meu filho viver? Como dizer que uma mãe nunca, nunca devia ficar sem seu filho(a)? Meu Deus não viste o sofrimento da tua mãe Maria? Porque permites que o mesmo sofrimento a tantas mães? Como dizer que aguardo a hora de rever o meu filho? Como dizer do amor que tenho aos meus filhos......infinto, é infinito!

Amo-te meu filho Nuno Salta ♥ ....amo-te minha filha Sano Ogawa ♥

segunda-feira, 14 de outubro de 2013

domingo, 13 de outubro de 2013

Num tão alto lugar, de tanto preço.......................



Num tão alto lugar, de tanto preço,
este meu pensamento posto vejo,
que desfalece nele inda o desejo,
vendo quanto por mim o desmereço.

Quando esta tal baixesa em mim conheço,
acho que cuidar nele é grão despejo,
e que morrer por ele me é sobejo
e mor bem para mim, do que mereço.

O mais que natural merecimento
de quem me causa um mal tão duro e forte,
o faz que vá crecendo de hora em hora.

Mas eu não deixarei meu pensamento,
porque inda que este mal me causa a morte,
Un bel morir tutta la vita onora


Luís Vaz de Camões in Lírica Completa

quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Ainda o Guimarães noc noc ..........



Amo-te minha linda Princesa do país do Sol Nascente!

Answer ...........................


segunda-feira, 7 de outubro de 2013

Há noites que nos levam para onde o fantasma de nós fica mais perto................



SETE LUAS

Há noites que são feitas dos meus braços
e um silêncio comum às violetas
e há sete luas que são sete traços
de sete noites que nunca foram feitas

Há noites que levamos à cintura
como um cinto de grandes borboletas.
E um risco a sangue na nossa carne escura
duma espada à bainha de um cometa.

Há noites que nos deixam para trás
enrolados no nosso desencanto
e cisnes brancos que só são iguais
à mais longínqua onda de seu canto.

Há noites que nos levam para onde
o fantasma de nós fica mais perto:
e é sempre a nossa voz que nos responde
e só o nosso nome estava certo.

Natália Correia

Meu querido Filho.......



Meu querido filho,

Foram dois dias especiais tanto para a tua irmã e minha filha Ana Rita como para mim.......dias tão especiais que pela primeira vez, desde que nos separámos fisicamente, senti o teu poder da calma que conseguias transmitir estando ao nosso lado....foram dias de correria, de tentar que corresse tudo bem e nada falhasse.....e nas alturas em que parecia que algo iria faltar,a tua calma invadia-me para eu pensar como se poderia resolver. A ti meu adorado filho te dedicamos esta exposição. Amamos-te Nuno! 



sábado, 5 de outubro de 2013

Hoje a partir das 15h - Guimarães noc noc........


Guimarães noc noc é um evento que visa a promoção e divulgação de arte, produzido e realizado pela Ó da Casa! Associação Cultural.
O primeiro evento organizado por este coletivo teve lugar nos dias 1 e 2 de outubro de 2011, na cidade de Guimarães, e integrou múltiplas disciplinas artísticas – Pintura, Escultura, Fotografia, Vídeo, Performance, Instalação, Música, Poesia, etc – numa mostra informal.
Nos dias 5, 6 e 7 de outubro de 2012, voltámos com a 2ª edição.
Nos dias 5 e 6 de Outubro de 2013 acontece o Guimarães noc noc 3.

O Guimarães noc noc cria uma mostra alternativa onde o público pode ver arte em espaços não institucionais. A arte é exposta nas casas, ateliers, ruas e espaços comerciais e associativos, dando ao público a possibilidade de um contato direto com a arte e o artista.


A minha filha Ana Salta será uma das mais de 400 artistas que participarão neste evento.

domingo, 29 de setembro de 2013

"...E eu tenho de partir para saber / Quem sou,...."


Há cidades acesas

Há cidades acesas na distância,
Magnéticas e fundas como luas,
Descampados em flor e negras ruas
Cheias de exaltação e ressonância.

Há cidades cujo lume
Destrói a insegurança dos meus passos,
E o anjo do real abre os seus braços
Em nardos que me matam de perfume.

E eu tenho de partir para saber
Quem sou, para saber qual é o nome
Do profundo existir que me consome
Neste país de névoa e de não ser.

Sophia de Mello Breyner Andresen

sábado, 21 de setembro de 2013

Ilha do Mussulo.............................................





"A Ilha do Mussulo é um local de rara beleza às portas de Luanda. Trata-se de um banco de areia, com cerca de 30 km de comprimento, formado pelos sedimentos do rio Kwanza.
A restinga do Mussulo abriga a Baía do Mussulo, que alberga três ilhas no seu interior, sendo a ilha dos Padres a maior e mais conhecida. Do outro lado da restinga, voltada para o Oceano Atlântico, há uma imensa praia de areia branca, praticamente deserta."


................................................um dia lá estarei!!

quarta-feira, 18 de setembro de 2013

Foi há 4 anos.....................


2 de Outubro de 2009.............com um misto de confiança e simultaneamente aquele 6º sentido que só as mulheres têm........infelizmente ganhou o 6º sentido!

quarta-feira, 11 de setembro de 2013

Uma pequenina Luz.....................



UMA PEQUENINA LUZ

Uma pequenina luz bruxuleante
não na distância brilhando no extremo da estrada
aqui no meio de nós e a multidão em volta
une toute petite lumière
just a little light
una picolla... em todas as línguas do mundo
uma pequena luz bruxuleante
brilhando incerta mas brilhando
aqui no meio de nós
entre o bafo quente da multidão
a ventania dos cerros e a brisa dos mares
e o sopro azedo dos que a não vêem
só a adivinham e raivosamente assopram.
Uma pequena luz
que vacila exacta
que bruxuleia firme
que não ilumina apenas brilha.
Chamaram-lhe voz ouviram-na e é muda.
Muda como a exactidão como a firmeza
como a justiça.
Brilhando indeflectível.
Silenciosa não crepita
não consome não custa dinheiro.
Não é ela que custa dinheiro.
Não aquece também os que de frio se juntam.
Não ilumina também os rostos que se curvam.
Apenas brilha bruxuleia ondeia
indefectível próxima dourada.
Tudo é incerto ou falso ou violento: brilha.
Tudo é terror vaidade orgulho teimosia: brilha.
Tudo é pensamento realidade sensação saber: brilha.
Tudo é treva ou claridade contra a mesma treva: brilha.
Desde sempre ou desde nunca para sempre ou não:
brilha.
Uma pequenina luz bruxuleante e muda
como a exactidão como a firmeza
como a justiça.
Apenas como elas.
Mas brilha.
Não na distância. Aqui
no meio de nós.
Brilha.

Jorge de Sena


...♥ Amo-vos meus filhos Nuno Gonçalo e Ana Rita, Luzes da minha vida!

domingo, 1 de setembro de 2013

A vida é bela........





Porque gostamos....with Nuno Salta  and Sano Ogawa

Durante a tarde estive a ver o filme "A vida é bela" com a minha filha.
Um filme lindo, onde o amor está em tudo em que Guido faz, fala e toca
e que consegue transformar o horror de um campo de concentração
num jogo para que seu filho não se apercebesse do que se passava á sua volta.
À sua mulher fez chegar a esperança do reencontro através desta música.
Deu a vida pelos dois......como eu daria a vida pelos meus filhos.
Sinto-me impotente porque apesar de metade de mim ter morrido, não te tenho meu filho.
Como tenho saudades tuas. Como doi a tua ausência.
A vida é bela......eu diria a vida tem momentos belos que me a ajudam a suportar.

quarta-feira, 28 de agosto de 2013

25 anos com a minha Princesa do Sol Nascente.


Faz hoje 25 anos que nasceste.
Era domingo de verão muito quente,
avisaste de manhã da tua chegada..
as contracções eram espaçadas,
deste tempo de me preparar...
almocei....e aguadei...
as dores entraram em ritmo
do Bolero de Ravel.
Durante a tarde rumei ao hospital
com a tua madrinha
Rosinha Gonçalves.
Esperamos enquanto o ritmo
das contracções aumentavam...
Respiração controlada...
a dor amenizada...
e assim chegou a hora.
Nasceste às 18h e 55m
Recebi-te directamente das
mãos de Deus
minha linda Princesa do Sol Nascente.
Parabéns e obrigada por seres minha filha.
Amo-te!

domingo, 25 de agosto de 2013

Minha alma.............................


As cores matezidas da flor
são a vida que dela transborda,
as gotas da chuva que a salpicam
não são lágrimas,
são fonte onde bebem a pétalas.
Minh'alma é uma flor
já quase sem pétalas,
já quase sem cor,
bebe das lágrimas
que meus olhos não brotam
mas que calados choram.

sábado, 24 de agosto de 2013

Fechar um ciclo.....


"Fechar um ciclo e abrir outro. Novos rostos, novas amizades, muito companheirismo. Cansada mas descansada. Uma nova vida com um novo olhar sobre o mundo que me rodeia. Uma experiência que me deu sabedoria. Como diz na sua canção a grande Mulher Edith Piaf: non, je ne regrette rien."

Postado neste Blog em 12 de Outubro de 2009. O ciclo aberto em 11 de Outubro de 2009 fechar-se-à a 29 de Setembro de 2013.
Non, je ne regrette rien!

quarta-feira, 14 de agosto de 2013

À minha vida ............



......................à qual estou agarrada, até um dia!

sábado, 3 de agosto de 2013

Parabéns Mãe


85 anos de vida
uma guerreira, mulher e mãe
encaraste as dificulades com sabedoria.
Perdeste a primeira filha tinha ela 10 meses
Que dor, que dor...dor que ainda hoje sentes.
tiveste mais 3 filhos, tens 3 netas e 1 bisneta.....falta um,
o teu neto e meu filho Nuno que ambas perdemos...
Que dor, que dor a nossa.
Ensinaste-nos o que somos
A simplicidade é a fórmula da felicidade..
Dar, dar um sorriso, uma palavra, dar ouvidos a quem quer dizer,
dar o conforto a quem precisa... é a fórmula de sentir que vivemos.
Parabéns mãe pelo teu aniversário.
Obrigada por seres nossa mãe.

terça-feira, 30 de julho de 2013

Procuro-te..................


Olho para além do vasto areal,
atravesso o mar cor de turquesa
procuro-te,
vou até ao horizonte celestial
não estás lá,
resta-me a tristeza.

quinta-feira, 25 de julho de 2013

Porque gostamos.........





................eu e os meus filhos!




Sondagens!



As sondagens para as autárquicas já estão no terreno, melhor, ao telefone. Pela 1ª vez fui brindada com um telefonema. Penso que a menina do outro lado do telefone deve ter pensado "a mulher é doida". E porquê? Porque as perguntas para mim não se resumem a um sim ou não.....ou está bem ou está mal...ou até a um tenho mais simpatia por um(a) ou por outro(a) candidato(a). O meu sentido de voto não ficou a saber porque para mim o voto foi, é e será sempre secreto.....assim entendo a democracia. No fim dei Bom + ao desempenho da menina e desculpei-me por as minhas respostas não terem sido facilitadoras da dita sondagem. Cá para mim, o meu inquérito foi directo para o caixote do lixo..... e o meu nº de telefone foi banido das listas das empresas de sondagens...  




Porque gostamos...................



 Porque gostamos ...............Nuno Salta e Sano Ogawa

sábado, 20 de julho de 2013

Vamos Ajudar o Tiago.............



Uma campanha de colheita de sangue para Dadores de Medula Óssea, a decorrer na Escola Secundária de Vizela e através da Associação de Dadores Benevolos de Sangue de Vizela, pelo Tiago de 2 anos de idade e que vive em Roriz (St Tirso) que tinha tudo para ser um sucesso mas,... ...apareceram centenas de pessoas (segundos os pais haviam cerca de 1500 inscrições) e só apareceram 250 tubos! Os cortes na saúde são só para alguns...gostaria de saber quantos tubos apareceriam se se tratasse do filho do sr. ministro!! Vivo no país errado!

sexta-feira, 19 de julho de 2013

33 anos a fazer o que mais gosto.............................


Foi há 33 anos que acabei o curso que tanto desejava. O tempo passou vertiginosamente...33 anos .....as memórias estão vivas e transportam-me ao meu tempo de estudante e de recém licenciada. Como adorei o meu curso...nem mesmo os exames, um ou outro professor mais severo, as cadeiras que menos gostava me criaram ansiedade ou stress. Nada como sair de uma aula e ir até ao "toxinas" ou ao bar dos estudantes para relembrar os tempos de África (éramos quase todos retornados), falar sobre os fins de semana e como iríamos e quais os livros a comprar (tinha de ser a prestações.....estávamos quase todos na mesma situação, precária em termos financeiros)....mas a boa disposição reinava no seio do nosso grupo. Depois veio a licenciatura e o inicio do estágio tutelado ...foram 2 anos onde aprendi muito. Muito me foi dado a fazer para "criar calo" para saber desenrascar-me caso estivesse num local sem os meios habituais existentes no hospital. Aprendi a observar o doente através do doente e só depois viriam os exames complementares de diagnóstico. Acreditem que até aprendi a fazer a cama sem os lençois se soltarem (isto aprendi com a equipa de enfermagem) .....ainda hoje as faço desse modo! 33 anos dos quais 26 em Vizela. As minhas Famílias cresceram, já tenho avós, pais, filhos, netos e bisnetos. Cerca de 2100 utentes nesta minha grande família. 33 anos a fazer o que mais gosto! 

Luanda..............................


Sempre que posso falo em Luanda, em Angola. Faço parte daquela terra imensa, com as suas cores fortes e quentes, as suas chuvadas que amaciavam o calor, a sua fruta cujo sabor ainda permanece nas minhas papilas, o mar infinito que balanceava nas ondas gigantes mas que eu não temia, as suas músicas e danças inebriantes.....eu faço parte daquela terra e ela está entranhada em mim. Ó Ilha de Luanda com as tuas praias irresistíveis, como me queria aí deitada ouvindo as ondas falarem enquanto se desenrolavam em espuma na areia. Como gostaria que meus filhos te conhecessem, minha terra.

terça-feira, 16 de julho de 2013

Tempo da viagem........



Aguardando o tempo da viagem,
quero ver
o brilho das estrelas,
quero ver 
o sol a acordar o mundo,
quero ver 
o mar dançar
e que a sua dança
acalme e lave as minhas mágoas.
Quero que o tempo me esqueça. 

quinta-feira, 27 de junho de 2013

De mãe para filho em dia de aniversário.........


Neste dia do teu aniversário agradeço a Deus por teres nascido, meu filho.
29 anos se passaram desde o dia 27 de Junho de 1984.... eram 14h e 05m quando, apesar de já vivo dentro de mim, nasceste para a vida.
Agradeço a Deus por me proporcionar ter dois filhos que se desenvolveram em seres humanos solidários, simples, educados, estudiosos e que receberam e dão muito amor.
Agradeço a Deus por ter tido o privilégio de seres o meu filho...sim porque és e serás sempre o meu filho.
Foram quase 28 anos anos com a tua companhia.....as noites mal dormidas, as doenças próprias da idade, a dentição, a preocupação constante com o teu bem-estar (como também o da tua irmã), a angústia desde que foste para a faculdade....das idas e vindas...por tudo isso passei cheia de amor por ti.
Ai a estrada, a estrada....a estrada que te levou ao encontro de Deus.
Ele quis-te ao seu lado....eu sou a tua mãe terrena...gerei-te para a tua alma nascer, florescer, plantar sementes de amizade e bondade.
Obrigada por seres meu filho.
Mesmo não estando comigo na vida terrena desejo-te um feliz aniversário.
Adoro-te meu amor.
Adoro-vos meus filhos!

segunda-feira, 17 de junho de 2013

Dias seguintes seguindo o tempo......


Dias seguintes
seguindo o tempo.
Tempo é a vida que passa...
células a nascer, crescer e morrer
e nelas as emoções de quem vive.
A vida e o tempo emaranham as células
complicam-nas e transformam-nas.
Dias seguintes
seguindo o tempo.
A vida retirou-me uma das células que gerei,
o tempo trepassa as minhas emoções
dia após dia
com lanças de dor
com flores de amor
com gritos de saudade
com armas para lutar...
dias após o dia
que sigo teus passos,
os meus passos que darei
para viver para a outra célula que gerei.
Dias seguintes
seguindo o tempo,
que vos amo meus filhos.

domingo, 16 de junho de 2013

Horas sem fim......................1 ano que partiste.


"Estas horas
sulcam rios
nos dedos das minhas mãos.
Horas, horas sem fim,
esperarei por ti
até que o mar me traga a tua voz
ou os gritos roucos das gaivotas
me tragam o silêncio desta ilha
tornada espera.
Procuro-te no fim negro do asfalto
onde te vi desaparecer,
após a calma dos objectos partilhados
no balbuciar dos nossos dedos.
Horas, horas sem fim,
serei banco de madeira
ou cais de espera.
Vem."

Lília Tavares in Parto com os Ventos

AMO-TE MEU FILHO! Choro a tua ausência, choro a tua partida precoce que travou o tanto que ainda tinhas para dar, choro os teus sonhos que ficaram por realizar, choro por mim, pela tua irmã, pelos teus amigos e colegas, por todos os que te conheceram e que cativaste, choro o menino Ricardo que contigo partiu, choro faz hoje 1 ano e chorarei toda a minha vida.

Agradecimento

Quero agradecer a todos os meus familiares, colegas e amigos que estiveram hoje presentes na Missa do 1º aniversário do falecimento do meu filho Nuno Salta. Deixo um especial agradecimento à Amélia Gomes que, através do seu amigo Sr. Paulo Brandão da Cunha, tratou com a Paróquia de Guardizela a celebração da Missa. Outro agradecimento especial ao Sr Padre Joaquim Gomes Carneiro que com as suas sábias e ternas palavras acalmou o meu coração de mãe orfã.
A quem não pode estar presente, mas sabendo que estavam comigo, agradeço do fundo de coração.
Agradeço a todos que, ao longo deste ano, me têm apoiado quer por palavras reconfortantes, abraços e mensagens de força. Destes destaco a minha família vizelense que no dia a dia está sempre presente: João Pinto, Goreti, Daniela Pinto e João Nuno Pinto.

sábado, 15 de junho de 2013

Sonho..........................



"Pelo sonho é que vamos,
comovidos e mudos.
Chegamos? Não chegamos?
Haja ou não haja frutos,
pelo sonho é que vamos.
Basta a fé no que temos,
basta a esperança naquilo
que talvez não teremos.
Basta que a alma demos,
com a mesma alegria
ao que desconhecemos
e ao que é do dia-a-dia.

Chegamos? Não chegamos?

- Partimos. Vamos. Somos."

Sebastião da Gama



..........................pelos sonhos é que vou.......alguns já desfeitos pelo tempo imprevisível e implacável....pelos sonhos que restam ....será que restam? Sei que já não chegarei ao que um dia sonhei...........................

sábado, 8 de junho de 2013

terça-feira, 4 de junho de 2013

Destino...........



Destino

à ternura pouca
me vou acostumando
enquanto me adio
servente de danos e enganos

vou perdendo morada
na súbita lentidão
de um destino
que me vai sendo escasso

conheço a minha morte
seu lugar esquivo
seu acontecer disperso

agora
que mais
me poderei vencer?

Mia Couto



sexta-feira, 31 de maio de 2013

O meu tempo.............o teu tempo.


Silenciosamente
os meus gritos voam.
Ruidosamente
as saudades estrangulam-me.
O meu tempo corre
atrás do teu tempo.

segunda-feira, 27 de maio de 2013

Desejo..............



Desejo

Quero ir
Deixa-me ir
Em busca da minha força
Resgatar o que já amei
O tempo que me fugiu
A vida que desejei
O sonho que ruiu
Quero ir
Deixa-me ir
Ao sabor do tempo, voar
Subir ao sétimo céu
Na asa do sonho teu
Para voltar a sonhar
Para voltar a amar
Quero ir
Deixa-me ir
Ao canto do fim do mundo
É lá que posso saber
Caminho para achar
Um sentimento profundo
É lá que me quero perder 
E lá que me quero encontrar...

Maria Clara Santos

domingo, 26 de maio de 2013

sexta-feira, 24 de maio de 2013

Sei que estou só...................




Sei que estou só e gelo entre as folhagens
Nenhuma gruta me pode proteger
Como um laço deslaça-se o meu ser
E nos meus olhos morrem as paisagens.

Desligo da minha alma a melodia
Que inventei no ar. Tombo das imagens
Como um pássaro morto das folhagens
Tombando se desfaz na terra fria.


Sophia de Mello Breyner Andresen

quinta-feira, 23 de maio de 2013

quarta-feira, 22 de maio de 2013

Manhã..........................



Manhã

Estou
e num breve instante
sinto tudo
sinto-me tudo

Deito-me no meu corpo
e despeço-me de mim
para me encontrar
no próximo olhar

Ausento-me da morte
não quero nada
eu sou tudo
respiro-me até à exaustão

Nada me alimenta
porque sou feito de todas as coisas
e adormeço onde tombam a luz e a poeira

A vida (ensinaram-me assim)
deve ser bebida
quando os lábios estiverem já mortos

Educadamente mortos

Mia Couto

segunda-feira, 20 de maio de 2013

Mãe...........e filhos!




Mãe

A mulher fia o filho.
No silêncio do corpo
inaugura-se: mãe.
O ventre: curvatura de sol
levantando-se
em mansidão de horizonte.
De si própria se esquece:
tecelã da rosa que já aflora
em crescimento lento
no seu sangue.

Zila Mamede

sexta-feira, 17 de maio de 2013

Futuro..........................



....................................................................
Hoje e amanhã não são o mesmo dia. Todos
os passados já foram futuro, e o futuro
é com esses passados que tem
de construir-se. O próximo futuro.
Porque o futuro longínquo será a soma
dos futuros mais próximos, isto é,
a soma dos passados que hão-de
vir, sem pedir perdão a um futuro
que, exactamente por ser futuro,
não se pode saber se chegará.

Joaquim Pessoa in Guardar o Fogo


quinta-feira, 16 de maio de 2013




11 meses.....a minha vida mudou para sempre...rodopio entre momentos de tanta saudade, momentos de tanta dor, momentos que me sinto num sonho do qual vou acordar e estás aqui comigo. 11 meses .....já não me reconheço....olho para mim e vejo que parti....como explicar que parti se estou aqui....mas parti no dia em que partiste. A parte que ficou de mim ...rodopia no dia a dia para dar amor à tua irmã, a minha adorada filha Ana Rita ♥. Como queria estar inteira...como queria ter partido de vez e teres tu ficado. Sou egoísta por não querer sofrer? Sou. Daria a minha vida para te ter aqui a meu lado meu filho ♥ Nuno Salta ♥

sábado, 11 de maio de 2013

sexta-feira, 10 de maio de 2013

Nascimento último...................


Nascimento último

Como se não tivesse substância e de membros apagados.
Desejaria enrolar-me numa folha e dormir na sombra.
E germinar no sono, germinar na árvore.
Tudo acabaria na noite, lentamente, sob uma chuva densa.
Tudo acabaria pelo mais alto desejo num sorriso de nada.
No encontro e no abandono, na última nudez,
respiraria ao ritmo do vento, na relação mais viva.
Seria de novo o gérmen que fui, o rosto indivisível.
E ébrias as palavras diriam o vinho e a argila
e o repouso do ser no ser, os seus obscuros terraços.
Entre rumores e rios a morte perder-se-ia.

António Ramos Rosa

sábado, 4 de maio de 2013

Noite transfigurada...............


NOITE TRANSFIGURADA

Criança adormecida, ó minha noite,
noite perfeita e embalada
folha a folha,
noite transfigurada,
ó noite mais pequena do que as fontes,
pura alucinação da madrugada
– chegaste,
nem eu sei de que horizontes.

Hoje vens ao meu encontro
nimbada de astros,
alta e despida
de soluços e lágrimas e gritos
– ó minha noite, namorada
de vagabundos e aflitos.

Chegaste, noite minha,
de pálpebras descidas;
leve no ar que respiramos,
nítida no ângulo das esquinas
– ó noite mais pequena do que a morte:
nas mãos abertas onde me fechaste
ponho os meus versos e a própria sorte.

Eugénio de Andrade

quarta-feira, 1 de maio de 2013

Dia de aniversário..................




Dia de meu aniversário.
Mais um ano que vivi,
Onde iniciou meu calvário
e desde então choro.

Choro sim, de saudade
De meu filho querido,
Que partiu sem um adeus
Deixando-me no ninho vazio.

Mas tenho como consolo
O amor no coração,
Dos meus filhos amados
Meus anjos iluminados.

O espírito é eterno
Como eterno é meu amor
por vós meus filhos
Nuno Gonçalo e Ana Rita.

Adoro-vos!

segunda-feira, 29 de abril de 2013

Dia...............




Dia

De que céu caído, 
oh insólito, 
imóvel solitário na onda do tempo? 
És a duração, 
o tempo que amadurece 
num instante enorme, diáfano: 
flecha no ar, 
branco embelezado 
e espaço já sem memória de flecha. 
Dia feito de tempo e de vazio: 
desabitas-me, apagas 
meu nome e o que sou, 
enchendo-me de ti: luz, nada. 

E flutuo, já sem mim, pura existência. 

Octavio Paz, in "Liberdade sob Palavra" 

segunda-feira, 22 de abril de 2013

Porque gostamos...................




Porque gostamos...com Nuno Salta e Ana Rita Salta......meus amores!

sexta-feira, 19 de abril de 2013

Foi no mar........................



Foi no mar que aprendi o gosto da forma bela
Ao olhar sem fim o sucessivo
Inchar e desabar da vaga
A bela curva luzidia do seu dorso
O longo espraiar das mãos de espuma

Sophia de Mello Breyner Andresen

terça-feira, 16 de abril de 2013

Como queria o ontem......


Ontem.....ah ontem...como queria o ontem.
O antes do ontem que já dura há 10 meses,
O antes do ontem em que nos deixaste.
O ontem que durou quase 28 anos.
Caminho no hoje sem ti, caminho pela tua irmã...e também por ti.
Acompanhas-me sempre no caminho de um hoje que já foi ontem e que será amanhã...acompanhas-me na minha memória, no meu coração, no meu ser que te deu ser. 

Este ontem que já dura há 10 meses tem sido feito olhando para ti, cheia de saudades, ainda ouvindo o portão a abrir quando chegavas a casa, ouvindo a tua voz calma, ouvindo a música clássica que me chegava da tua sala. 
Estás aqui....comigo...connosco. 
Amo-te meu filho!