domingo, 21 de dezembro de 2014

Natal......



Meu querido filho,

Escrevo-te hoje. Ainda faltam 4 dias para o Natal.
Sei que não estás aqui neste plano onde vivo. Sei que estás num lugar melhor. E aí não existe tempo, nem datas, nem comemorações. Aí só existe a plenitude espiritual.
Mesmo assim o teu espirito estará sempre ligado ao meu, ou melhor aos nossos.
É o terceiro Natal que não te teremos fisicamente e é o primeiro que não teremos a tua querida Avó Bia e minha mãe.
Apesar de não valorizares o Natal como data, sei que valorizavas o Natal como a oportunidade de estarmos todos juntos: nós, os avós, os tios e tias e as tuas primas. Sei como gostavas das piadas do teu avô Gabriel e mais tarde, depois de ele partir, das piadas e histórias do tio Tozé, da tia Carocha e das minhas.
Tu, quase sempre calado, sorrias e sentias-te feliz!
Nunca o nosso Natal foi luxuoso. Nem sequer a própria refeição. A tua Avó Bia cozinhava bem______tudo que ela fazia, mesmo simples, era delicioso______e como tu adoravas os seus cozinhados.
Hoje quis escrever-te pois ainda faltam 4 dias para o dia que irei sentir ainda mais saudades tuas_________ irei sentir ainda mais a tua ausência e a da tua avó.
Feliz Natal meu filho e Feliz Natal para os teus avós!
Beijo grande e carregado de saudades daqui para aí! Amo-te.