quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

Meu querido filho.......





Meu querido filho,
 O tempo escorreu como a água que tentamos reter nas mãos...
 Passou depressa demais... queria-vos ter mais tempo crianças.
 Mas o tempo não espera...não espera que o trabalho nos deixe de envolver e passei tempo demais nele.
 O tempo passou e levou o tempo que não vos tive junto a mim, no meu colo, cobertos pelo meu abraço, deliciados nos meus beijos e carinhos.
 O tempo passa e não espera....
 Mais um mês sem ti... e o tempo na sua passagem traz com ele tanta saudade.
O tempo passa e nele tenho (sobre)vivido esperando que me traga o dia em que te voltarei a ver.
 Amo-te meu querido filho em todos os tempos!



segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

segunda-feira, 30 de novembro de 2015

Não Digas Nada!



Não Digas Nada!

Não digas nada!
Nem mesmo a verdade
Há tanta suavidade em nada se dizer
E tudo se entender —
Tudo metade
De sentir e de ver...
Não digas nada
Deixa esquecer

Talvez que amanhã
Em outra paisagem
Digas que foi vã
Toda essa viagem
Até onde quis
Ser quem me agrada...
Mas ali fui feliz
Não digas nada.

Fernando Pessoa, in "Cancioneiro"

segunda-feira, 16 de novembro de 2015

Meu querido filho.......




Meu querido filho,

Mais um mês se passou
num tempo em a vida me mutilou.
Tanto tempo....tanto tempo...
sem te ir acordar
dizendo: Nuno são horas...
e tu vagarosamente os olhos abrias.
Vagarosamente te levantavas....
e tornavas-te a deitar.
Tanto tempo sem te abraçar
e te dar o beijo da manhã,
ficando angustiada quando saías.
Tanto tempo sem te ouvir chegar...
quando abrias o portão
relaxavas meu coração.
Tanto tempo sem ti às refeições
como gostavas de tudo
era fácil te agradar.
Tanto tempo sem te ouvir...
as tuas conversas curtas,
inteligentes e com bom senso.
Tanto tempo e a dor aumenta...
tanto tempo e tanta saudade.
Hoje estou com a tua irmã...
vim passar o fim de semana.
Aqui estamos na casa que ajudaste a escolher
sem ti....
mutiladas!
Adoro-te meu querido filho!


sexta-feira, 13 de novembro de 2015

domingo, 1 de novembro de 2015

Voltar atrás___________________


Só existe um motivo que me levaria voltar atrás...... até 27 de Junho de 1984...data de nascimento do meu filho.....viver tudo de novo, todas as alegrias, as angústias, as realizações... ainda mais intensamente! E naquele dia, quase 28 anos mais tarde, sairia eu de casa na sua vez, percorreria eu o mesmo caminho ....naquele dia ....seria ceifada a minha vida.....e não a dele!

sábado, 31 de outubro de 2015

Novos Órgãos Sociais da Real Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Vizela

 Novos Órgãos Sociais da Real Associação já tomaram posse
(Fotografia Rádio Vizela)


Mais uma etapa na minha vida _____ pertencer aos Órgãos Sociais da Real Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Vizela. Servir esta Nobre Associação na missão que me foi confiada e com a qual me comprometi, servir ao lado de pessoas como o Sr. João Ilídio Costa e restantes membros da Direcção, como o Sr. Tenente-General Cipriano Alves e restantes membros da Assembleia-geral e como o Dr Miguel Machado e restantes membros do Conselho Fiscal (do qual faço parte) será uma honra!
Desde 16 de Junho de 2012 (dia em que meu filho faleceu) que não faço planos para a minha vida mas nunca deixei/deixarei de participar na vida comunitária____ e assim será enquanto a Vida me permitir!

domingo, 25 de outubro de 2015

Eleições R.A.H. de Bombeiros Voluntários de Vizela



Parabéns a todos que confiaram na Lista A! Parabéns a todos os elementos da Lista A! Agora ao trabalho em prol da R.A.H. de Bombeiros Voluntários de Vizela Vizela, Bombeiros e Bombeiras e população!

sábado, 24 de outubro de 2015

Eleições para a Real Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Vizela






Debate entre o Sr João Ilídio Costa candidato da Lista A e o Sr. Paulo Lopes candidato da lista B:

1 - O Sr. João Ilídio apresentou factos! E demonstou que a Lista A (Lista da sua candidatura) e o seu Programa é realista e o melhor!
2 - O Dr. Miguel Machado é a pessoa indicada para ser o Presidente do Conselho Fiscal.
3 - Posso ser Médica mas entendo de contas!!
4 - Diz o ditado: antes de ir para o mar devemo-nos aviar em terra. Antes de ir para a presidência da mais IMPORTANTE ASSOCIAÇÃO de Vizela, a REAL ASSOCIAÇÃO HUMANITÁRIA DE BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS DE VIZELA, o candidato deve saber as leis que a regem.
5 - Fica mal fazer insinuações e basear-se no "ouvi dizer"! Sejamos sérios e responsáveis!
6 - A Lista A é sem sombra de dúvidas a melhor para Servir os Bombeiros e a População.

LISTA A é a melhor opção para a Real Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Vizela.

‪#‎Lista‬ ‪#‎A‬
‪#‎RAHBVV‬
‪#‎Eleições2015‬

sexta-feira, 16 de outubro de 2015

Meu querido filho......





 Meu querido filho,
 Amor que iniciou no ventre
 sentindo a tua presença
 nos enjoos,
 nos teus movimentos,
 no bater do teu coração,
 na magnitude do útero,
 concha que te acolheu
 até o dia que nasceste.
 Quarenta e duas semanas dentro de mim...
 não tinhas pressa
 a tua calma....essa tua calma.
 Viveste sem pressa
 saboreaste cada momento,
 como se o conseguisses parar no tempo.
 Chegavas às metas sem atropelos,
 nunca te preocupaste em agradar ninguém
 o teu esforço e trabalho falavam por ti...
 e agradaste a tantos.
 Todos os que te conhecem
sabem que trilhavas o caminho da rectidão...
 sem menosprezar e injustiçar ninguém.
 E sempre com calma....sem pressa.
 40 meses se passaram desde que partiste!
 O meu ventre de mãe mirrou!
Mirrou de tantas saudades tuas
 meu querido filho.
 Metade de mim está contigo!
 A outra metade vai vivendo
 momento a momento
 rascunhando a vida!
 Adoro-te meu Amor!

domingo, 11 de outubro de 2015

Foi há 6 anos......................



Foi há 6 anos_____ acto de cidadania a que não me escusei! Conheci muitas pessoas e ganhei, sim ganhei, AMIGOS e experiência de vida! Nunca mais foi como antes de 11 de Outubro de 2009. Neste dia as fotografias revelaram as pessoas. Vacinei-me! Nem tudo é mau quando "perdemos" ...... depois de tanta adversidade na minha vida aprendi a retirar "experiência" dos momentos menos bons! Mas, neste dia, não perdi sozinha, perdemos muitos..... milhares! Olhando para trás recordo com carinho momentos da campanha eleitoral. Recordo o esforço feito por quase todas as pessoas da nossa lista. Recordo também a desilusão que me fez crescer nos meus 53 anos de idade! Está cá tudo na minha estante da memória!

segunda-feira, 5 de outubro de 2015

O que estou a pensar?


Pensando em mim, ou seja, lendo o livro da minha vida e tomar notas. Também fazendo um "rascunho" para mudar um futuro que não sei se chegará____ por isso é um rascunho! Em todo o presente serei participativa onde quer que eu esteja a viver (caso esteja bem de saúde) ____ é a certeza que tenho!

domingo, 20 de setembro de 2015

quarta-feira, 16 de setembro de 2015

Meu querido filho.......



Meu querido filho,

Hoje olhando tuas fotografias sinto os quase 28 anos que passamos juntos.
Vejo-te recém-nascido fazendo a birra porque preferias o biberon.
Nesta estás deitado no relvado em frente à Torre de Belém com a bola de futebol nas mãos.
Olha esta de chapéu e sorridente numas férias de Páscoa com os teus avós no Algarve. Ainda não tinhas dois anos. Ai a chupeta adorada!
Esta foi tirada na Penha e sentados num penedo e tu preocupado estás a segurar a tua irmã.
Lembras-te desta? Parecem os Mosqueteiros___ lá estás tu com os teus amigos do colégio, que felicidade estampada nos vossos rostos.
Esta é do livro de fim de ano da Didáxis. Foi lá que conheceste o teu Grande Amigo e agora meu filho adoptado André Alves. Ainda hoje ele se preocupa comigo e com a tua irmã.
Ó meu filho nesta aqui estás trajado quando entraste para a FEUP. Mas depois da foto nunca mais pegaste no traje. Como te conhecia sabia bem que o vestiste contrariado. 
É Natal, é Natal e esta é a fotografia da praxe na noite de Natal na casa dos teus avós____ os primos: tu e a tua irmã, as tuas primas Gabriela e Joana.
Esta meu filho foram o teu colega Saravanan do INESC que a partilhou: estás de pé com a pasta do pc na mão junto com quatro dos teus colegas.
Encontrei uma no jantar de aniversário do André Alves. Muito gostavas de Coca-Cola. 
Esta é uma das últimas____ o dia em que nasceu a tua priminha e minha sobrinha-neta Carolina. Dia 30 de Abril de 2012. No dia seguinte, estamos todos a celebrar num almoço o dia do meu aniversário.
A última é a tua equipa de futebol do INESC a UTM Team. Eras guarda-redes. Foi a caminho do último jogo que partiste para sempre. Já não voltaste para casa, nem chegaste ao Porto.
Desde esse dia, há 39 meses, que vivo com esta dor que aumenta com as saudades.
Fico olhando a fotografias com a esperança de, um dia, te abraçar! Amo-te!




domingo, 13 de setembro de 2015

"Contos do Nascer da Terra" ______ Mia Couto





Há mulheres que procuram um homem que lhes abra o mundo. Outras buscam um que as tire do mundo. A maior parte, porém, acaba se unindo a alguém que lhes tira o mundo.

Mia Couto

sábado, 12 de setembro de 2015

sexta-feira, 11 de setembro de 2015

Os meus pequenos utentes.....................

Os meus pequenos utentes,

Consulta de saúde infantil à Francisca de 18 meses. Dirijo-me à sala de saúde infantil e encontro a Francisca na sala de espera a brincar numa mesinha pequenina. Fui ter com ela e disse:
- Olá Francisca, estás boa?
Ela levantou-se e foi ter com o pai que estava ao lado e agarrando-se às suas pernas tentou esconder-se
- Ela e as batas brancas - disse o pai
Entretanto dirigimo-nos para a sala de saúde infantil e logo que me afastei ela começou a dizer-me adeus.
Já na sala mais uma bata branca, a Srª Enfermeira.
Enquanto a observava a Francisca entre o choro acenava-me dizendo-me adeus. (risos)
- Já me estás a despachar Francisca! - disse eu
No fim da consulta, já vestida e pela mão do pai, feliz por sair dali então o adeus foi mais efusivo!

sábado, 5 de setembro de 2015

quarta-feira, 2 de setembro de 2015

Os meus pequenos utentes................


Consulta de Saúde Infantil:

Ao entrar na sala de Saúde Infantil disse para a minha pequena utente de 18 meses que não parava quieta em cima da marquesa pediátrica:
- És uma reguileira!
- É Inês - respondeu ela
(risos)
Depois de a observar abri a porta e ela (sentada na marquesa e a mãe a calçar-lhe as sandálias) começou a apontar para fora e a dizer:
- É mar azul...é praia....
A mãe e eu não vímos logo o que ela queria dizer.
A Inês insistia em apontar e dizer:
- É mar azul...é praia
Olhando com mais atenção demos com um biombo que está instalado na sala de frente cujo motivo é uma praia com o mar azul.
(Observadora a Inês...eu nunca tinha reparado no motivo do biombo que está ali há uns anitos).

domingo, 30 de agosto de 2015

Mas por onde eu caminhe levarei o teu olhar e para onde tu fores levarás minha dor......


Já não se encantarão meus olhos em teus olhos,
já não se achará doce minha dor a teu lado.

Mas por onde eu caminhe levarei o teu olhar
e para onde tu fores levarás minha dor.

Fui teu, foste minha. Que mais? Juntos fizemos
um desvio na rota por onde o amor passou.

Fui teu, foste minha. Tu serás de quem te ame,
Do que corte em teu horto aquilo que eu plantei.

Eu me vou. Estou triste: mas eu sempre estou triste.
Eu venho dos teus braços. Não sei para onde vou.

…Desde teu coração diz adeus um menino.
E eu lhe digo adeus.

Pablo Neruda

sexta-feira, 28 de agosto de 2015

Minha querida filha.......................



Minha querida filha,

Percorro o tempo, desde o tempo que existo
no meu olhar interior vejo momentos, tantos.
Muitos momentos especiais...
Mas só dois se destacam,
as duas gestações
diferentes mas com a mesma dose de amor...
uma dose infinita.
Hoje faz 27 anos que nasceste para o mundo
tu minha Princesa do Sol Nascente
menina linda, tão doce e querida por todos.
Teu irmão escolheu o nome: Ana Rita
E por seres pequenina protegia-te
e tornaram-se nos melhores irmãos.
Como sinto orgulho em ti, em vós.
Foste crescendo amiga, solidária, responsável.
És a minha menina com o dom da arte.
Tu e o Nuno são a minha vida,
a revelação de um amor incondicional e eterno.
Queria tanto que o nosso momento,
o momento que festeja a vida, fosse de plena felicidade.
Mesmo incompletas tenho um desejo:
que a vida te dê o muito que mereces!
Sê feliz minha filha.
Parabéns pelo nosso dia! Amo-te!


domingo, 16 de agosto de 2015

Meu querido filho..................



Meu querido filho,

Estamos em Agosto, mês em que íamos de férias para a casa da Avó Bia e do Avô Gabriel.
Um ano depois de tirares a carta foste sempre tu a conduzir.
E nem dávamos pela viagem.
A tua irmã, ouvindo música, adormecia e eu acabava também por dormir....o cansaço assim o exigia.
Na Mealhada fazíamos o desvio para ir à Meta dos Leitões. Como gostavas de leitão. Eu pedia meio bife grelhado que mais parecia bife e meio. Acabava por o dividir contigo e com a tua irmã. Depois vinham os gelados....que deliciosos!
Faz 4 anos que nos conduziste até ao Estoril à casa da Avó Bia para passarmos uns dias de férias em Agosto....foi em 2011.
Como te sentias feliz com a avó, os tios e as primas. Depois destas férias fomos no Natal e já em 2012 no fim de Abril (no fim de semana prolongado do meu aniversário e altura em nasceu a pequenina Carolina filha da vossa prima e minha sobrinha Gabriela).
Foram momentos tão felizes. Mas a vida levou-te para outra vida um mês e meio depois.
Faz 38 meses que nos deixaste.
A tua irmã e eu temos feito a mesma viagem mas agora é ela a conduzir....já não dorme mas continua a ouvir a música da pen que trazias sempre no carro.
O tempo passa e as saudades aumentam.
Nada é igual. Diz-se que ninguém é insubstituível. Mas vós meus filhos são-no!
Nunca ninguém ocupará o vosso lugar no meu coração, na minha mente e na minha alma. Adoro-vos!


sábado, 15 de agosto de 2015

Os meus pequenos utentes.......................

Os meus pequenos utentes:

Consulta de Saúde Infantil de gémeos (rapaz e rapariga) com 6 anos. Vieram acompanhados da mãe e da irmã mais velha (com 14 anos).
- Como se chama a tua namorada - perguntei ao F.
- Não tenho - disse ele
- E como se chama o teu namorado? - perguntei à M.
- Não se chama. Não tenho.
Para ver se as respostas condiziam perguntei a ambos pelos namorados de um e de outro. Confirmaram as suas respostas.
Mas de imediato a M. disse:
- A minha irmã R. tem namorado e chama-se Marcelo. Ela contou-me mas eu não posso dizer.
- Está bem! Fica descansada pois aqui ninguém ouviu nada. - respondi baixinho e piscando o olho!


*************************

Os meus pequenos utentes:

Na consulta aberta da minha pequena utente de 4 anos que foi acompanhada da mãe.

- Então fofa, que te doi? - perguntei
- Não sou fofa, sou Soraia. Doi-me o ouvido.
- Ela só quer estar na piscina que montamos no jardim - disse a mãe
.....................................
- Soraia durante uns dias não podes ir à piscina - aconselhei depois de a observar
- Se eu for fofa posso ir à piscina? - perguntou ela como se fosse um pedido.
(risos)


************************

Os meus pequenos utentes:

Consulta de hipertensão de uma utente que foi acompanhada de sua neta.
- Sabes, já sei falar inglês. - disse-me a B. de 6 anos
- Ai sim? E o que sabes dizer? - perguntei
- Mãe é móder (mother) e pai é fáder (father).
- Que bem. E avó? Como chamas a tua avó em inglês? - perguntei
- "Vóder" - respondeu a B. cheia de confiança.
(risos)

sexta-feira, 14 de agosto de 2015

sábado, 1 de agosto de 2015

A minha pequena utente................



Diz-me a minha pequena utente:
- Tenho 2 presentes para ti.
- E o que é?
- É um desenho e uma jóia.

E lá me deu os 2 presentes. Duas jóias valiosas e sem preço. Valem um belo momento na minha vida. Obrigada querida Francisca.

sexta-feira, 31 de julho de 2015

Os meus pequenos utentes..................



Os meus pequenos utentes....

Digo eu à mãe acerca da patologia da sua filha:
- Ela ainda é muito pequenina para ser operada
Responde a pequenina de imediato:
- Eu já tenho 4 anos!!

****************************

Os meus pequenos utentes:

Na consulta aberta depois de observar a mãe da minha pequena utente (reparei na atenção que ela prestou a tudo o que eu fazia):

- MC o que queres ser quando fores grande?
- Méquida - respondeu ela
- Médica de pessoas grandes ou de crianças?
- Méquida de doentes! - respondeu ela muito séria.

****************************

Os meus pequenos utentes:

Na consulta de Saúde Infantil enquanto eu falava com a mãe a minha pequena utente, com 4 anos, ora cantava, ora falava sozinha enquanto fazia um desenho.
A mãe olhou-a e depois disse-me:
- Gostava de saber o que se passa na cabeça dela.
- Shampuuu! - respondeu de imediato a minha pequena utente.

***************************

Os meus pequenos utentes:

Enquanto eu registava uma informação clinica hospitalar da avó da minha pequena utente de 5 anos que tinha sofrido um AVC ligeiro:
- O que acontece se a pessoa perde o cérebro? - perguntou ela
- A pessoa morre -respondi
- Pensei que ela ficava sem imaginação - respondeu ela com cara de quem não ficou convencida com a minha resposta.

**************************

Os meus pequenos utentes:

O meu pequeno utente veio à consulta de Saúde Infantil. Tinha feito 5 anos no fim de semana passado.
- Como correu a tua festinha? - perguntei
- Foi boa. Mas tive pena do Luís.
- Porquê? Aconteceu-lhe alguma coisa? - perguntei
- Não. Ele não pode comer doces...tem aquela doença como a minha avó ...."a diabólica".

*************************

Os meus pequenos utentes:

Consulta de rotina do pai da minha pequena utente de 6 anos.
Ao preencher os dados da ficha individual:
- Qual é a sua profissão?
- Técnico de cores. - respondeu o meu utente
- És estampador! - arrematou a minha pequena utente enquanto desenhava numa folha que lhe dei.
......
- Fuma? - perguntei eu
- O meu pai não fuma mas a minha mãe já fumou.
......
- Vamos pesar - disse eu.
- Ele engordou sabes? Come 2 pratos cheios de comida!

*************************

Os meus pequenos utentes:

Hoje na consulta da mãe do meu pequeno utente que veio acompanhada de seu filho que eu já não via a algum tempo.

- Olá D. estás bom? - perguntei.
- Estou! E tu é que estás velhota! (risos)
- Pois já tenho muitos cabelos brancos. - respondi
- São cinzentos - respondeu ele. (mais risos)

(Adorei a sinceridade e a perspicácia do D. pois, realmente, estou a ficar "velhota") :D

sexta-feira, 24 de julho de 2015

A Palavra (Ordet)


A Palavra (Ordet)

A palavra por muitos esquecida
A palavra por outros ignorada
A palavra tantas vezes omitida
A palavra outras vezes deturpada

A palavra tão pequenina
Mas nela reside o universo
A palavra que em surdina
é dita em tempo adverso

A palavra que é a essência
o âmago, a luz, a esperança
da nossa fugaz existência...
Fé...feliz de quem a alcança!

Maria do Resgate Salta

quinta-feira, 16 de julho de 2015

Meu querido filho...............




Meu querido filho,
 Alguém me disse:
essa dor vai atenuar...
 no tempo esbater.
 Foi tão estranho o falar,
 alheia a um filho perder...
 como pode ela saber?

 O tempo tem passado
 e com ele percorre a dor
 nos dias em que sobrevivo
 desde que partiste meu amor.
 O tempo vai encurtar
 o tempo de te voltar a abraçar.
 Mais um mês de infelicidade
 Com esta dolorosa saudade!
Amo-te!

sexta-feira, 10 de julho de 2015

Sentido.....................


Sentido

Dar sentido à vida...
quando a vida tem de ser sentida,
....aqui e neste momento,
em que o sentido não é vida
em que a vida está sem sentido

Como foi vivida e sentida
anos de vida com sentido.
O dia, o instante, a vida a partir
levou consigo o sentido
vive-se sem a vida sentir.

Maria do Resgate Salta

segunda-feira, 29 de junho de 2015

Idade......................



Idade

Mente o tempo:
a idade que tenho
só se mede por infinitos.

Pois eu não vivo por extenso.

Apenas fui a Vida
em relampejo do incenso.

Quando me acendi
foi nas abreviaturas do imenso.

Mia Couto 

sábado, 27 de junho de 2015

Parabéns Meu Querido Filho



Meu querido filho,

Foi um dia especial
o do teu nascimento...
Foi o primeiro,
foi o nosso momento.
Foi o dia em que nasci
como mãe!
Na tua face pequenina
eterno amor senti.
Nas tuas mãozinhas
coloquei meu coração.
Foi o primeiro dia
dos dias seguintes…
cheios de amor...tanto amor
luz e alegria, preocupação...
tanta preocupação.
Hoje faz 31 anos que nasceste
para a vida e para nós.
Já partiste há 3 anos,
mas eu, a mãe que nasceu
naquele primeiro dia
envio-te meus beijos e amor
eterno filho meu!
Parabéns meu adorado filho!
Amo-te!





quinta-feira, 25 de junho de 2015

terça-feira, 16 de junho de 2015

3 anos!




Meu querido Filho,

Lembras-te desta noticia? Foi a viagem inaugural do projecto STMe no qual colaboraste enquanto fazias o doutoramento no INESC-Porto. Como estiveste empenhado neste projecto. À noite ficavas a ver no teu computador o recolher dos autocarros com internet da linha 207 da STCP para nada falhar na viagem inaugural. Como estavas orgulhoso do vosso trabalho.
3 anos!
Sabes que tudo mudou desde há 3 anos.
E a mudança não foi só para mim, foi para todos os que te amam.
Não sei como tenho resistido, não sei onde vou arranjar força para continuar a fazer o caminho da minha vida desde que partiste para sempre. Só no "sempre" te vou reencontrar.
Tudo mudou e está em mudança.
A vida não é estática, pelo menos para mim não o tem sido!
O meu trilho tem sofrido desvios, quase sempre com mudanças radicais.
Há 3 anos a vida descarrilou, saiu completamente do seu trilho...desfez a tua e a  minha existência. Desfez os nossos sonhos e realizações!
Tenho caminhado com o amor da tua irmã, dos teus tios e dos amigos.
Mas as forças começaram diminuir.
Quem diz que o tempo vai apagando a dor não sabe, não pode saber.... porque o meu amor por ti nunca se apagará e com ele permanecerá esta dor incalculável!
O meu caminho sofrerá mudanças para que a força de o fazer não se acabe, por mim e pela minha adorada filha e tua irmã.
O tempo ditará quando as mudanças serão feitas. Já não faço planos....só alinhavo o caminho.
Um dia esse caminho terá um fim que será o recomeço da minha nova vida junto a ti e, aí sim, para sempre.
Amo-te meu filho!

segunda-feira, 15 de junho de 2015

Saudade............................




Faz hoje 3 anos meu filho que te vi, pela última vez, com vida! Estás sempre connosco! 

quinta-feira, 11 de junho de 2015

Sono de terra



"Sono de terra

Deitei ao sono a terra
lhe beijei os olhos fatigados
e me ficou nos lábios
um sabor de gota

Era a lágrima do sangue
a seiva ferida do chão
clamando em sua carne
a derradeira carícia

Adormecida,
a terra me ofertou seu ventre
para que nele guardasse
toda a minha morte

E eu deixei
ensonar a mão
sobre o último abismo"

Mia Couto


segunda-feira, 1 de junho de 2015

27 Flores no meu Jardim.....

Hoje tive o privilégio de falar sobre poesia, não como poeta pois não o sou, mas como leitora e apreciadora.
Este momento foi-me proposto pela Prof. Maria José Costa​ e partilhei-o com os seus 27 alunos.
Inicialmente brindaram-me com um delicioso texto de boas vindas.
Partilhei com este jovens o meu gosto pela poesia, como sinto a poesia, como qualquer um de nós pode fazer poesia baseando-se em coisas e momentos da vida.
Partilhei alguns poemas de Alda Lara e o seu e meu amor por Angola. Partilhei as conversas com meu filho. Partilhei o que me rodeia.
Partilhei também o projecto Microliteratura​ e Curta Poéticas. Ofereci o livro de Helder Magalhães​ manuscrito e feito em tipografia: Dista um palmo, a amplitude do peso que suportas.
Penso que eles saíram mais ricos mas tenho a certeza que eu sai muito mais rica pois no fim leram um poema que fizerem em conjunto e união de sentimento: 27 Flores no meu Jardim. Vim com 27 rosas nos braços!
Este dia ficará para sempre na minha memória e no meu coração.
O meu agradecimento à Professora Maria José Costa e seus alunos da turma 8.3 do Externato Delfim Ferreira: Carla Martins, Ana Baptista, Rui Oliveira, José Fernando, Daniel Cunha, Mariana Costa, Ana Ferreira, Maria João, Rui Marabuto, Daniela Gonçalves, Rui Martins, Nuno Pinto, Fábio Oliveira, Simão de Oliveira, André Gomes, André Alves, Luís Abreu, Inês Oliveira, Rúben Torres, Ana Francisca, Ana Maria silva, Gil Monteiro, Diogo Lemos, Ana Lucília Silva, Vítor Costa, Rui Costa e Sofia Gomes.
A todos um grande abraço de amizade e carinho.







sábado, 23 de maio de 2015

Meu querido filho.....................

(Foto Diário de Notícias)

Meu querido filho,

Como sabes hoje acabou o campeonato 2014-15 e o nosso GLORIOSO SLBENFICA é CAMPEÃO.
Hoje seria um dia muito feliz para ti e para a tua querida avó Bia, minha mãe. Hoje o teu telefonema para a avó seria longo, cheio de alegria e de "vivas" ao SLBenfica.
Tu e ela viviam os jogos com muita paixão. Mas tu mais que ninguém. Sei que, no teu pouco efusivo festejo, estarias a gritar em silêncio o teu imenso amor ao Benfica.
Sei o quanto sofrias com as suas derrotas e sofrias num silêncio que eu conseguia ouvir.
Hoje estarias nos fóruns Benfiquistas a festejar o Bi-campeonato.
Hoje a chama imensa do SLBenfica está comigo mas sempre contigo no meu coração.
A alegria está misturada com a tristeza de não te ver festejar com a tua avó. Tanta saudade!
Adoro-vos meu filho e minha mãe!

 

#‎SLBENFICA‬ ‪#‎GLORIOSO‬ ‪#‎OMAIORCLUBEDOMUNDO‬

(Foto do Sport Lisboa e Benfica)


Para ti meu filho Nuno Salta! 


Só ou não só......................

segunda-feira, 18 de maio de 2015

domingo, 17 de maio de 2015

Sport Lisboa e Benfica - Campeão #34


Para ti meu filho Nuno Salta!



sábado, 16 de maio de 2015

Meu querido filho..................



Meu querido filho,

Lembras-te deste dia? Foi no dia 30 de Abril de 2012.....estávamos no hospital da Luz. A tua prima Gabriela já estava em trabalho de parto e nós na sala à espera da nova vida, a Carolina.
Estávamos ansiosos pela chegada da tua priminha. A sala de espera estava em alvoroço com as várias conversas para ajudar a passar o tempo.
Tu, como costume, ouvias mais que falavas mas sorrias muito.
Algum tempo depois....chegaram mãe e filha. Que ternura! Voltei atrás no tempo e tive tantas saudades das minhas gravidezes e dos meus partos....da ansiedade para vos ver e vos ter nos meus braços meus queridos filhos.
No dia seguinte foi o meu aniversário. Uma festividade depois de outra festividade.
Um almoço de família e com direito a bolo decorado onde estavam representadas as minhas plantas, a minha profissão e o nosso GLORIOSO SLBENFICA.
A felicidade reinava ...... mal sabíamos, como poderíamos saber?
Um mês e meio depois partias, naquele sábado. O meu menino, o meu eterno menino.
Mais um mês se passou desde o dia que nos deixaste. Quase três anos.... mas estarás sempre comigo, connosco. Amo-te meu filho!

quarta-feira, 13 de maio de 2015

quinta-feira, 7 de maio de 2015

Conquista....................



Conquista

Livre não sou, que nem a própria vida
Mo consente.
Mas a minha aguerrida
Teimosia
É quebrar dia a dia
Um grilhão da corrente.

Livre não sou, mas quero a liberdade.
Trago-a dentro de mim como um destino.
E vão lá desdizer o sonho do menino
Que se afogou e flutua
Entre nenúfares de serenidade
Depois de ter a lua!

 Miguel Torga