sábado, 16 de janeiro de 2016

Meu querido filho...........................




"A situação dos que ficam é sempre mais triste do que a dos que partem. Partir é um movimento que se dissipa e nada distrai as pessoas que ficam."
Pierre Marivaux


Meu querido filho,

Mais um mês se passou! Viveste quase 28 anos ___ muito pouco tempo. Tempo que passou rapidamente, No entanto o tempo que vivo sem ti (43 meses) é já imenso como imensas são as saudades.
Sei que estás num "Mundo" onde o tempo não existe tal como a saudade.
Estás junto aos teus queridos avós. Feliz... como nesta fotografia.
Partiste com aquilo que deste aos outros, com as amizaste que fizeste, com o brio que puseste no que fazias, com o amor que tinhas (tens) por nós, com a tua simpilicdade e desapego a bens materiais, com a tua grande sensatez, com a tua inteligência que puseste ao serviço das Instituições que te formaram profissionalmente. Querias servir quem te formou. Mas a vida não te deu muito tempo.
Há 43 meses aconteceu a tua partida. Bruscamente, traçoeiramente e sem aviso.
Foste e ficamos destroçados. E nada me irá distrair da infinita saudade e dor que sinto. Um dia, cada vez mais perto, estarei junto a ti.
Amo-te meu filho!