quarta-feira, 29 de junho de 2016

28 de Junho


Uma mão cheia de tratamentos___ já só faltam 25! Para além da mão cheia de tratamentos vim com o coração cheio de esperança ______ esperança que senti vinda de uma senhora que já lá anda há mais tempo que eu, que faz quimioterapia em simultâneo, que no primeiro dia que a encontrei vi que o caso era grave (ainda não tinhamos trocado uma palavra). Nesse primeiro dia estava cabisbaixa, face de sofrimento físico e psiquico, abandonada por si própria. Na tal 2ª sala de espera é que conversamos. Estamos lá 3, por vezes 4. Ela estranhou a minha boa disposição e a brincadeira que fazia com a minha doença. É certo que não é tão grave como a dela. De lamento em lamento desde o 1º dia que nos vimos, hoje ela disse que o pior eram os vómitos. Eu respondi, meio a brincar, que tinha tido muitos vómitos quando tomei a pílula, na gravidez dos meus filhos e com o danado do comprimido para o paludismo. Disse-lhe que esses vómitos não seriam para sempre. Ela sorriu com a minha conversa. Depois entrei para o "solário" ;) e quando saí a senhora com um sorriso grande disse:
- Já vai sempre bem disposta! Até amanhã e as melhoras.
- Até amanhã e esse sorriso fica-lhe mesmo bem! - respondi
Como um simples sorriso nos pode encher de esperança!