segunda-feira, 4 de julho de 2016

4 de Julho


Já só faltam 21 tratamentos!
Hoje ao passar pelo largo corredor que me leva até ao Serviço de Radioterapia deparei com alguns quadros que estavam expostos.
Escolhi este pois foi um dos meus sonhos ____ ser bailarina! Só que não sabia que tinha pés de chumbo. Ainda frequentei umas aulas teria eu 10 anos. Mas o bom senso pediu para eu desistir: já reparaste que não tens jeitinho nenhum para andares de pontas? Deixa-te de ballet e foca-te na medicina...esse é o teu caminho! E fiz a vontade ao bom senso.
Voltando ao quadro mesmo não tendo sido bailarina adoro ballet clássico. E este quadro meteu-me na máquina do tempo e levou-me até Luanda onde assisti a várias peças de ballet clássico. Adorava a saia de tule, as pontas de dança, a elegancia dos movimentos.
Geralmente as histórias tinham um final dramático mas a beleza de tudo que envolvia o ballet era tão maravilhosa que encobria o drama.
Hoje fiz mais um tratamento e tal como uma peça de ballet clássico tem a sua parte dramática no que vou assistindo. Uma jovem com cerca de 30 anos, a senhora dos vómitos que está mais animada, a senhora de Guimarães que chorou o cabelo caído e a que enfrenta "a doença, o cancro, o malzinho" cruzaram comigo. O drama está a diluir-se na beleza que cada uma destas pessoas transmite, na esperança que vai crescendo, no fim da caminhada para o "solário".
À saída do "solário" uma das senhoras perguntou-me: quantos tratamentos lhe faltam?
Já só me faltam 21 tratamentos, respondi.
Ainda faltam tantos - respondeu ela
Já faltaram 30! Agora faltam menos.- respondi a sorrir
Ela concordou sorrindo!
Como tenho que beber 1,5l de àgua por dia para hidratar a pele que está a ficar "esturricada" puxei da garrafa com gargalo estreito e já na 1ª sala de espera disse:
- Nunca bebi tanto pelo biberon como agora!
Gargalhada geral!
E vim nas "pontas" como a bailarina da foto! Como será o final? Não temos a certeza!