sexta-feira, 5 de agosto de 2016

5 de Agosto - Último tratamento



Hoje foi o meu último tratamento de Radioterapia.
O tempo passou rapidamente apesar da "canseira" de ir para Braga todos os dias e após o trabalho.
Fui acompanhada da minha filha e da Goreti.
Como iria ter consulta tive de sair de Vizela após um rápido jantar pois fiz o fecho da USF.
Levei Bolinhol e um ramo de flores. O Bolinhol para adoçar a boca dos pacientes, das funcionárias e técnicos e as flores campestres para que a sua beleza encha a alma atormentada dos que ali vão pensando num futuro incerto.
Foi uma alegria para quem lá estava.
Como o serviço estava calmo e a consulta um pouco atrasada entrei logo para os vestiários do "solário". Enquanto lá estive pude ouvir os técnicos a abrir uma das caixas com o Bolinhol e pouco depois a gabá-lo:
- Que maravilha. É mesmo bom!
Despedi-me dos técnicos com um abraço.
À saída quando me cruzava com os outros pacientes fui despedindo com beijos para as "meninas" e "abraço" para os meninos. Desejamos as melhoras e um até já ___ quem sabe um dia fora do Hospital.  
Fui entretanto à consulta. Segundo o meu colega está tudo bem e fez a carta de alta para entregar na Consulta de Oncologia do Hospital de Guimarães.
Referiu-se ao Bolinhol dizendo que era muito bom.
Sorri e agradeci o profissionalismo e simpatia de todos sem excepção.
Já na 1ª sala de espera fui buscar o cartão, despedi-me da Cátia, a Secretária Clinica que estava de serviço, com um abraço apertadinho.
Ela agradeceu e dissemos ao mesmo tempo: Vou ter saudades suas!
Do Bolinhol já só restavam 3 pequenas fatias.
30 dias cheios de momentos e pessoas que nunca esquecerei.
Estou mais rica e cresci como pessoa!
Ficam as imagens aqui e na minha memória.
Abençoada sou por ter ultrapassado esta etapa.
Obrigada à Goreti (minha irmã de coração), à minha Amiga Maria Ivone que me acompanharam aos tratamentos. Ao meu irmão e minha cunhada Ana Salta a preocupação com o decorrer dos tratamentos através de telefonemas diários. À minha familia, aos meus amigos e utentes pela sua solidariedade.
Amanhã é outro dia. Darei outro passo!