segunda-feira, 24 de julho de 2017

Caminhada _______________



Há 8 anos percorri ruas, caminhos, veredas, ora com sol e calor quase insuportável ora debaixo de chuva. Foram várias as caminhadas, porta a porta, cafés e locais de lazer. O companheirismo e a alegria entre os caminhantes reinou sempre. Mesmo quando o cansaço já se começava a sentir. Tenho muitas recordações dessas caminhadas.
Uma delas: numa freguesia a senhora que estava ao portão de sua casa convidou-nos para entrar. Ofereceu-nos uns petiscos (era hora do lanche) e falou da nossa caminhada. Que gostava. A sua neta conheceu-me logo pois é minha utente. Foi uma pequena festa à qual se juntou a filha e genro. Ambiente agradável. Geralmente tive e tenho, por norma, nas caminhadas de porta a porta ou de cara a cara (devido à minha condição de Médica de muitas famílias) não "pedir" o voto de ninguém. Esclareço nas perguntas que me fazem.No fim do lanche continuamos a caminhada depois das devidas despedidas aos nossos anfitriões ___ "contem connosco" disseram eles!
Cerca de 5 minutos mais tarde ouvimos buzinadelas de vários carros. Não tardaram até chegar a nós. Os ocupantes dos carros traziam bandeiras de adversários à nossa caminhada. E no carro da frente vinha a senhora que nos ofereceu o lanche com a sua neta ____ nunca mais me esqueci daquele "contem connosco"!!
Mas o mais importante foi o fim da caminhada. Saí dela ficando a conhecer os meandros daquilo pelo que nunca mais caminharei. Fiquei a saber que o "contem connosco" na maior parte das vezes foi fingido/simulado. Mas também privei com pessoas admiráveis. Valeu por essas pessoas e pelo companheirismo.